quinta-feira, 27 de junho de 2013

Homenageamos hoje as Aniversariantes do dia !!!


Irmã Maria Armanda Lopes ... 



Nasceu no dia 27 de junho de 1929, em Ipanguaçu /RN.  Primeira filha do casal João Felipe Lopes Sobrinho e de Isabel Cavalcante Lopes. Recebeu o nome de Maria Virgínia Lopes, no Batismo e mudou para Ir. Armanda quando entrou no Convento.      

Acolheu fervorosamente a graça da vocação, maior bem depois do Batismo. É uma Irmã querida por todos que a conhece.
Ingressou na Vida Religiosa em 04 de maio de 1953, passando 2 anos no Noviciado e em 1956 os 1º votos . Demonstra gostar muito de costurar. Nas horas vagas, especialmente à noite, costura para as pessoas presenteando a quem vêm à sua procura. Como boa Religiosa, atende as necessidades das Irmãs prestando um belíssimo serviço como chefe de cozinha, na Casa Provincial. Na ocasião orienta as formandas na preparação das refeições. Tão sabiamente passa os ensinamentos com amor e dedicação atraindo o bem querer de todas. Quem passa pela cozinha de Mandinha tem boas recordações. 


É tranquila, não importa a quantidade de pessoas com 10 pessoas, 50, ou duzentas, para receber dos seus quitutes, está sempre calma e providenciando tudo com muito amor. 
                                                            Felicidades !!!


Irmã Maria Antônia Franco ...


Ir. Maria Antônia nasceu no dia 27 de junho de 1949 em Areia Branca –RN.  Seus pais, Raimundo Franco do Nascimento e Francisca Soares Franco. Fez o Curso de Psicopedagogia na universidade de Caicó – RN, Curso de Iniciação Teológica, de Pastoral Catequética, Especialização em Educação e Supervisão Escolar. Desde Ir. jovem,   assumiu  Direção de Escola e até hoje continua exercendo esse trabalho. É uma pessoa amiga e acolhedora. Gosta de proporcionar alegria às pessoas de sua convivência. 



Irmãs, Associados(as),Juventude, Infância Amor Divino, Amigos e Familiares parabenizam, louvam e dão graças ao Senhor pelo dom da Vida de Ir. Armanda e Ir. Maria Antônia. 

quarta-feira, 26 de junho de 2013

1º Aniversário do grupo JAD de Alagoas





Comemoramos com muita alegria a perseverança destes jovens com um agradável banho de piscina no Colégio Cristo Redentor. Foi uma manhã de muita diversão, com direito a bolo e sorteio de prêmios doados pelas Irmãs da comunidade.


Peçamos a Deus que continue a iluminar o caminho desses jovens para que possam a partir do seu engajamento no grupo, tornarem-se bons cristão e excelentes cidadãos.





Agradecemos o apoio e as orações de todos!

      Irmã Ana Célida FDC
Coordenadora do JAD - Alagoas 

terça-feira, 25 de junho de 2013

ASSEMBLÉIA DOS ASSOCIADOS AMOR DIVINO 2013

PROGRAMAÇÃO 

DIA 23/08 – SEXTA-FEIRA
18 H – ACOLHIDA
18:30 H – JANTAR
20 H – ORAÇÃO COM O GRUPO DE NATAL-RN
21 H – REPOUSO

DIA 24/08 SÁBADO
7 H – MISSA
7:45 H – CAFÉ
8:30 H – ABERTURA
ORAÇÃO COM AS FORMANDAS
ACOLHIDA : IR. NIVALDA
8:50 H PALESTRA: LIDERANÇA COMPARTILHADA
10 H – INTERVALO
10:15 H –RETORNO COM ENCAMINHAMENTOS DAS OFICINAS
11:15 H – INÍCIO  DA APRESENTAÇÃO DAS OFICINAS
12 H – ALMOÇO
14 H – RETORNO:CONTINUAÇÃO DAS OFICINAS
15:30 H – INTERVALO
16 H – CONTINUAÇÃO DOS TRABALHOS
16;30 H – ADORAÇÃO
17 H – LIVRE
18:30 H – JANTAR
19:30 H – NOITE CULTURAL
21 H – ORAÇÃO E REPOUSO ;GRUPO DE  CURRAIS NOVOS

DIA 25/08 DOMINGO
7:30 H – ORAÇÃO :GRUPO DE PALMEIRA DOS ÍNDIOS
8 H – CAFÉ
8:45 H – APRESENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DOS GRUPOS EM SUAS COMUNIDADES
10:30 H – MISSA

TAXA – R$ 60,00
TRAZER LENÇÓIS E TOALHAS

ATENÇÃO!
INSCRIÇÕES ATÉ O DIA 30 DE JULHO COM IRMÃ ZENAIDE EM EMAÚS:
Tel: (84) 36 43 11 48
Cel: 99 62 - 57 46

Ou com Iraneide Dantas (Associada)

Cel: 99 99 92 08

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Parabéns!!! Irmã Maria Hermenegilda Wanderley de Sousa.

Pela Graça de Deus, nasci no dia 20 de junho de 1928. Filha de Hermenegildo Sátiro de Sousa e Almerinda Wanderley de Souza. Fui batizada no dia 27 de julho de 1928, na capela de São José, Paróquia de Nossa Senhora da Guia, Distrito de São José do Espinharas, então Município de Patos, PB.
Aos 11 de maio de 1938 fiz a Primeira Eucaristia na Capela de São José do Espinharas. Fui crismada em Serra Negra, nas Missões Populares.
Minha primeira Professora foi minha irmã Geany, desde as primeiras letras até ir para o Colégio Cristo Rei, em Patos, interna, onde fiz o Exame de Admissão para a Escola Normal. Ao terminar a Escola Normal, fui trabalhar com as Irmãs Maria Augusta Vieira e Maria Bernadete Medeiros, numa Escola para crianças pobres: a Escola Dom Fernando Gomes. No mesmo prédio funcionava o Centro Social Cônego Machado. Aos domingos, levávamos as crianças para a Missa na Matriz Nossa Senhora da Guia.
Após a Missa voltávamos para a Escola, onde estava preparada uma sopa para as crianças. Era lindo ver aquelas crianças sentadinhas na calçada tomando aquela gostosa sopa e depois iam para suas casas.

A Província me concedeu oportunidades para fazer vários Cursos de Especialização.
Trabalhei como Professora nos seguintes Estabelecimentos de Ensino: 
* Educandário Nossa Senhora das Vitórias - Assu/RN (04 anos);
* Colégio Nossa Senhoras das Neves - Natal/RN (23 anos);
* Colégio Stella Maris - Fortaleza/CE (02 anos);
* Colégio Cristo Rei - Patos/ PB (02 anos).

Inicialmente, trabalhei no Curso Primário. Depois de alguns Cursos de Especialização, passei a ensinar, Ciências Naturais, Biologia e Química. Sempre gostei de lecionar. É uma grande alegria e um prazer quando me encontro com uma ex-aluna. A maioria das vezes, só as conheço quando pergunto o nome! Entende-se: elas eram crianças, jovens, e hoje, adultas, formadas, aposentadas  e eu já com meus 85 anos de vida.
Respondi o chamado de Deus para a Vida Religiosa no ano de 1948, como Postulante, em seguida Noviça. Fiz Profissão Perpétua no dia 02 de fevereiro de 1951.
Dou graças a Deus por todas as oportunidades que tive de trabalhar com jovens! São recordações que guardo no coração com muito amor!

Posso dizer: Sou muito feliz!!!

                                          Irmã Maria Hermenegilda Wanderley de Sousa FDC.

Associados e Infância Amor Divino em visita solidária à Vila Maria



“ Nenhuma ação do próximo sem ser interpretada benignamente “


Entusiasmados pelo Espírito apostólico e missionário de Madre Francisca Lechner , a Infância Amor Divino , juntamente com os Associados , realizaram um momento de confraternização na Vila Maria com apresentações , entrega de brindes às irmãs presentes , bem como as irmãs do 
Recanto São José . Na ocasião foi servido um delicioso lanche , que contou com a colaboração das Irmãs Armanda e Acácia .















Agradecemos a oportunidade de “ Tornar visível o Amor Divino com gestos de carinho e solidariedade , como aprendemos da nossa fundadora .    



domingo, 16 de junho de 2013

Participantes – Capítulo Geral 2013



                                 Participantes – Capítulo Geral 2013


Gov. Geral:     Ir. Lucyna Mroczek, Superiora Geral
  „ex-ofício“      Ir. Maria Dulce Adams, Vigária Geral
                        Ir. M. Felicitas Vengliková, Conselheira Geral  
                        Ir.M. Josefa Rapatz, Conselheira e  Secretária Ge
                        Ir.  Bernarda Horvat, Conselheira Geral
                        Ir. M. Margareta Molek, Ecônoma Geral

Províncias/Vice-províncias:                                       Delegadas   
       „ex-ofício“
AT- Província        Ir. M. Emanuela Cermak               Ir. M. Digna Blochberger
                                                                                     Ir. Martina Holzer
CZ- Província      Ir. M. Anežka Dedková                   Ir. M. Markéta Hluchnikova
HU- Vice-Prov.: Ir. Piroska Mária Kovács                 Ir. M. Teréz Menyhárt
GV- Província:    Ir. M. Elvira Tadić                           Ir. M. Terezija Antunović
                                                                                     Ir. M. Vida Ademi
                                                                                     Ir. M. Nela Gašpar
                                                                                     Ir. Nevenka Jurak

PL- Província:     Ir. M. Benwenuta Kaczocha            Ir. Grażyna Chmiel
                                                                                     Ir. Zofia Szymanek
                                                                                     Ir. M. Jowita Zalega
                                                                                     Ir. Magdalena Dymek

SK- Província:     Ir. M. Christiana Števarová              Ir. M. Bernarda Diškantová
                                                                                     Ir. Klaudia Luptáková

HF- Província:     Ir. M. William McGovern                Ir. M. Josita DiVita
EN- Vice-Prov.Ir. M. Thomas More Prentice           Ir. M. Francis Ridler
BS- Província:     Ir. Zoeli Maria Pletsch                     Ir. Beatriz Maria Engel
                                                                                     Ir. M. Alaíde Miôr
                                                                                     Ir. Jacinta Webler
                                                                                     Ir.  Dulce Bach Deves
BNE- ProvínciaIr. M. Nivalda V. Montenegro        Ir. Naim Bezerra Guedes
                                                                                     Ir. Ana Carla de Melo Silva
                                                                                     Ir. Magna Lira Rodrigues
             



               Moderador:             Pe. Philip Endean SJ
              Secret.Capítulo:       Ir. M. Alberta Ibersperger
              Tradutoras:               Ir. M. Paula Boršćak;    Ir. Teresa Ozga; Ir. Cecília Dahmer

Tema: O amor de Cristo enche os nossos corações e nos impele a Evangelizar.

Objetivo-geral: Despertar na Congregação o zelo para redescobrir a alegria de crer e reencontrar o entusiasmo em comunicar a fé mediante uma vida totalmente doada ao Deus Uno e Trino.

*******

Francisco termina a encíclica que Bento XVI tinha começado

O Santo Padre fez o anúncio hoje, durante a audiência com membros da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos

CIDADE DO VATICANO, 14 de Junho de 2013 (Zenit.org) - Nesta manhã, no Salão do Consistório do Palácio Apostólico Vaticano, o Santo Padre Francisco recebeu em audiência os membros do XIII Conselho Ordinário da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos, reunidos em assembleia sobre o tema “A nova evangelização para a transmissão da fé”. Após a saudação do secretário geral do Sínodo dos Bispos, dom NikolaEterovic, o papa começou uma conversa com os bispos do conselho, depois de fazer o discurso previsto.
O papa anunciou que irá terminar a encíclica iniciada pelo seu predecessor, o papa emérito Bento XVI. Francisco explicou que pretende trabalhar na exortação pós-sinodal dentro da "panorâmica mais ampla" que é "a evangelização em geral", retomando o sínodo sobre a Nova Evangelização, de outubro de 2012.
O papa também expôs ao conselho ordinário o seu ponto de vista sobre as questões da próxima Assembleia Geral Ordinária da Secretaria do Sínodo dos Bispos. Em primeiro lugar, as questões da dignidade humana, da família, da tecnologia, da relação entre a Igreja e o mundo, inclusive por ocasião dos cinquenta anos da GaudiumetSpes, em 2015.
Menção especial foi feita por Francisco à ecologia, em particular à “ecologia humana”, e, no âmbito antropológico, à questão da “laicidade que se tornou laicismo”, ou secularização. Por fim, o Santo Padre falou da colegialidade e da sua relação com o ministério petrino, bem como das expectativas ligadas a ela.
Reproduzimos abaixo o texto do discurso do papa:
Queridos irmãos no episcopado,
Quero cumprimentá-los cordialmente, agradecendo de maneira especial a dom NikolaEterovic, secretário geral, pelas palavras que me dirigiu. Através de vocês, estendo a minha saudação às Igrejas particulares confiadas aos seus cuidados pastorais. Sou grato a vocês pela ajuda oferecida ao bispo de Roma, no seu cargo de presidente do Sínodo dos Bispos, para a elaboração e implementação do que surgiu na XIII Assembléia Geral Ordinária. É um serviço valioso à Igreja universal, que exige disponibilidade, compromisso e sacrifício, inclusive para enfrentar viagens longas. Meus sinceros agradecimentos a cada um de vocês!
Eu gostaria de enfatizar a importância do tema daquela assembleia: a nova evangelização para a transmissão da fé. Existe uma estreita ligação entre esses dois elementos: a transmissão da fé cristã é o objetivo da nova evangelização e de todo o trabalho de evangelização da Igreja, que existe precisamente para isto. O termo "nova evangelização" destaca a consciência cada vez mais clara de que, mesmo nos países de antiga tradição cristã, é necessário um renovado anúncio do Evangelho, para reconduzir a um encontro com Cristo que transforme de verdade a vida e não seja superficial, marcado pela rotina. E isso tem consequências para a ação pastoral.
Como observava o Servo de Deus Paulo VI, "as condições da sociedade nos obrigam a rever os métodos, a procurar por todos os meios estudar a forma de levar a mensagem cristã ao homem moderno, na qual ele pode encontrar a resposta para as suas perguntas e a força para o seu compromisso de solidariedade humana" (discurso ao Colégio dos Cardeais, 22 de junho de 1973). O mesmo pontífice, na Evangeliinuntiandi, um texto riquíssimo que não perdeu nada da sua atualidade, nos recordava que o compromisso de anunciar o evangelho "é, sem dúvida alguma, um serviço prestado não só à comunidade cristã, mas à humanidade inteira" (nº 1).
Gostaria de encorajar toda a comunidade eclesial a ser evangelizadora, a não ter medo de "sair de si mesma" para anunciar, confiando principalmente na presença misericordiosa de Deus, que nos guia. As técnicas são importantes, sem dúvida, mas nem mesmo as mais avançadas delas poderiam substituir a ação discreta e muito eficaz daquele que é o agente principal da evangelização: o Espírito Santo (cf. ibidem, 75). Precisamos ser conduzidos por Ele, mesmo que por estradas novas; precisam ser transformados por Ele, para que o nosso anúncio seja feito com a palavra sempre acompanhada pela simplicidade de vida, pelo espírito de oração, pela caridade para com todos, especialmente para com os pequenos e pobres, pela humildade e desprendimento de si mesmo, pela santidade de vida (cf. ibid., 76).
Um pensamento também sobre o Sínodo dos Bispos. Ele foi, com certeza, um dos frutos do concílio Vaticano II. Graças a Deus, nestes quase cinquenta anos, pudemos experimentar os benefícios desta instituição, que, de modo permanente, se coloca a serviço da comunhão e da missão da Igreja, como expressão da colegialidade. Isto eu posso testemunhar com base na minha experiência pessoal, por ter participado de várias assembleias sinodais. Abertos à graça do Espírito Santo, alma da Igreja, temos a confiança de que o Sínodo dos Bispos viverá novos desenvolvimentos para favorecer ainda mais o diálogo e a colaboração entre os bispos e entre eles e o bispo de Roma.
Queridos irmãos, o seu encontro nesta semana em Roma tem por finalidade ajudar-me na escolha do tema da próxima assembleia geral ordinária. Agradeço pelas propostas apresentadas pelas instituições com que a Secretaria Geral do Sínodo está em comunicação: os Sínodos das Igrejas Orientais Católicas sui iuris, as Conferências Episcopais, os Dicastérios da Cúria Romana, a Presidência da União dos Superiores Gerais. Tenho certeza de que, com o discernimento acompanhado pela oração, este trabalho trará frutos abundantes para toda a Igreja, que, fiel ao Senhor, deseja anunciar Jesus Cristo com renovada coragem aos homens e mulheres do nosso tempo. Ele é "o caminho, a verdade e a vida" (Jo 14, 6) para todos e cada um.
Confiando o seu serviço eclesial à intercessão maternal da bem-aventurada Virgem Maria, Estrela da Nova Evangelização, concedo de coração, a vocês, aos seus colaboradores e às suas Igrejas particulares, a bênção apostólica.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

RELATO DE IRMÃ VEDRANA SOBRE O TRABALHO DAS FILHAS DO AMOR DIVINO NA ÁFRICA.

Em outubro deste ano, completaremos 15 anos da chegada das Filhas do Amor Divino em Uganda.
Fomos convidadas pelo Senhor Bispo Paul K. Bakyenga e os Frades Franciscanos “Para realizar um trabalho de aprofundamento da vida Eucarística e da vida de oração em nossa Paróquia”, frei Ivica Peric o FM, enviou um convite por escrito. Também, a respeito do nosso carisma e missão ele disse: vivendo aqui com o povo, você descobrira por você mesma o que as Filhas do Amor Divino pode fazer por este povo. Durante alguns meses, cada uma de nós tentou encontrar sua missão e apostolado de acordo com os dons pessoais, possibilidades e boa vontade.
A igreja local nos convidou e Irmã Nicolina Hendges – Superiora Geral na época nos enviou para “Fazer o bem, alegrar, tornar feliz e conduzir ao céu” tornando o Amor de Deus visível em meio aquele amado povo Africano.
Nosso Arcebispo tem acentuado muitas vezes que nós precisamos ser mais do que fazer. Nós Irmãs, estamos tentando combinar as duas coisas. Graças a Deus isto está acontecendo.
Geralmente somos muito gratas ao Senhor nos conservar com saúde. Nenhuma de nós teve grandes problemas de suade, exceto malária. Uganda é um país maravilhoso para vivermos. A população é acima de 33 milhões, há cerca de 62 línguas locais, muitas tribos, mas tudo é Uganda. O clima é bom, o povo é maravilhoso e nós somos tratadas muito bem.
Apostolado: As Filhas do Amor Divino ajudam o povo nas suas diferentes realidades: Três Irmãs trabalham no dispensário, duas no centro da mulher na família, na formação de moças, futuras Filhas do Amor Divino. Também estamos ajudando nos “berçários” onde há, ate agora – 52 bebês encontrados em latrinas, plantações de bananas, estradas, no mato, em todos os lugares. Desde que chegamos a este país temos construído casas para famílias pobres (mais de 100 casas), educando crianças... Tudo isso é uma gota no oceano, mesmo assim, faz a diferença.
É muito confortador vermos que já muitas destas crianças que educamos, trabalham conosco: no dispensário, no centro da mulher e algumas jovens se tronaram nossas Irmãs. Em breve na capital da Uganda. E nossa intenção é começar outra missão, isto é, fundarmos casa para moças.
Deus tem nos abençoado com vocações locais: já temos 4 Irmãs professas (f. já fizeram votos), sete moças, 3 postulantes e muitos e muitas aspirantes. Depois que começam nossa missão no Oeste, gradualmente nos movendo em direção ao centro de Uganda, nosso desejo, com a ajuda de Deus é ir para o Leste e Norte da Uganda... Para o fim do mundo, onde a Boa Nova tiver nos alcançado.

                                                                                                                    Ir.  Vedrana  Ljubic

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Auto biografia de Irmã Francisca Canindé Câmara de Melo


Sou Irmã Francisca Canindé Câmara de Melo, Religiosa da Congregação das Filhas do Amor Divino, Pedagoga, Catequista de Crisma e Professora de Ensino Religioso da Educação Infantil, atividade que acredito e realizo com muita dedicação, amor e seriedade. Também estou cursando Inglês, curso tão esperado, que aconteceu no tempo de Deus, trabalho com Vocacionadas da Congregação, além de ajudar em algumas Paróquias quando sou solicitada e disponha de tempo, na Paróquia em que a escola está inserida faço parto da Pastoral do Surdos, sou feliz e realizada, agradeço a Deus todos os dias as Graças e Bênçãos recebidas do Amor de Deus, infinitamente bom e Pai de todos.
Conheci as Irmãs através de Ir. Aurélia, vinha do trabalho e vi no ônibus um véu "voando" e sentei perto começando assim uma conversa que se tornou um acompanhamento Vocacional de três anos. Na época em que conheci Irmã Aurélia e a Congregação meus avós já haviam falecidos, mas tive que esperar mais um pouco, porque tive que cuidar da minha irmã, que na época ainda era de menor, atingindo ela a maior idade, segui meu caminho vocacional.
Que Deus possa sempre iluminar o meu caminho, para que eu possa ser uma Religiosa a melhor que puder ser, pois o Reino de Deus merece tudo de bom, que Deus me ajude e encaminhe meus passos sempre no seu amor.

Irmã Francisca! Estamos todos e todas unidas a você agradecendo ao Senhor o dom de sua vida. Parabéns! Seja sempre mais uma VERDADEIRA FILHA DO AMOR DIVINO, seguindo corajosamente a máxima deixada pela nossa Fundadora – Madre Francisca Lechner: “Fazer o bem, alegrar, tornar feliz e conduzir ao Céu.

IRMÃS FILHAS DO AMOR DIVINO, ASSOCIADOS(AS), JUVENTUDE AMOR DIVINO, FAMILIARES, AMIGOS E TODOS OS QUE FAZEM O COLÉGIO NOSSA SENHORA DAS NEVES LOUVAM E AGRADECEM AO SENHOR PELO DOM DA VIDA DE IRMÃ FRANCISCA CANINDÉ CÂMARA.


quarta-feira, 12 de junho de 2013

O grupo Ir. Susana Brilhante comemora 5 anos de existência em Caicó RN

No primeiro fim de semana deste mês de junho o grupo de associados Amor Divino, residentes em Caicó, realizou um bonito encontro em clima de júbilo pelo seu aniversário de fundação. O encontro foi movido pela espiritualidade mariana e a vivência da radicalidade do nosso batismo, ainda lembramos a importância da nossa missão "Tornar o amor de Deus visível no mundo". Depois seguimos com nossa partilha de alimentos, costume muito cultivado pelo grupo de Caicó, fizemos uma bonita festa e sem dúvidas Madre Francisca Lechner muito se alegrou do alto da glória onde está. Agradecemos a todas as irmãs da comunidade do Educandário Santa Teresinha pela acolhida e apoio físico e espiritual e em especial a Ir. Fátima, nossa delegada, que desempenha muito bem a função de propagadora viva do carisma no meio de nós leigos, PARABÉNS ASSOCIADOS DE CAICÓ 

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Esse mês será de muita festa! Viva Santo Antônio ... Viva São João... Viva São Pedro


Dia D de Arrecadação para Mães da África


 


Um mês que lembra e homenageia o amor e a dedicação daquelas mulheres que exercem a maternidade e não pensam duas vezes em fazer o melhor para os seus filhos. Maio, mês das mães, mês de Maria, mãe de Deus, e o Colégio Nossa Senhora das Neves está preparando uma programação especial para presentear todas as mães, até mesmo aquelas que moram longe daqui. Este ano, a equipe pedagógica e todo o colégio escolheram o tema “Mãe: exemplo de amor e de fé” e estão preparando uma programação especial, que se inicia na próxima quinta-feira (9) com a Missa das Mães, realizada no Auditório Madre Francisca Lechner, a partir das 19h. A celebração será feita pelo Padre Charles, capelão da escola, e reunirá responsáveis por crianças e jovens de todos os níveis. Na Educação Infantil, haverá uma programação especial. Os alunos estão preparando surpresas para suas mães e o evento será no dia 10, a partir das 18h, no mesmo local. No sábado (11), a manhã será de solidariedade. Os jovens do Neves Voluntário – grupo de ações solidárias do Neves - estão preparando um dia especial para as mães do projeto Irmã Luizinha, que foi fundado no colégio no ano de 2008 e conta com mais de 20 crianças do Paço da Pátria. Com salão de beleza, presentes, momentos especiais e homenagens, as mães dos assistidos pela escola poderão comemorar o dia no colégio e serem reconhecidas pela dedicação aos seus filhos.

Mães da África

Além dos dias especiais dedicados às mães do colégio e às mães do Projeto Social Mãe Luizinha, o Neves também está realizando durante todo o mês de maio uma campanha especial para ajudar as mulheres de Uganda, no leste da África. A campanha, que está no seu terceiro ano tem como principal mensagem “Ajude um bebê a nascer” e já apoia mães e diversas comunidades do país. As doações podem ser de qualquer valor e deverão ser feitas na própria escola, em urnas distribuídas pelos corredores. O dinheiro irá proporcionar um parto digno às mulheres gestantes de Uganda, além de auxiliar a preparação de outras.


Mês de Maio no Educandário Jesus Menino - Currais Novos/RN

Irmã Maria José organizou e realizou o retiro dos alunos da primeira eucaristia do Educandário Jesus Menino de Currais Novos/RN, foi um momento de muita graça, fraternidade, lazer e formação. Liziane foi convidada para falar sobre “Maria e a Eucaristia” e a Irmã Maria José refletiu sobre a oração e reflexão do Santo Terço. Foi impressionante o comportamento e a participação das crianças na santa missa, que aconteceu na matriz se Santana. Que Deus sempre abençoe estas iniciativas das Filhas do Amor Divino.