domingo, 31 de janeiro de 2016



FDC COMEMORA A FESTA DE APRESENTAÇÃO DO SENHOR



As Irmãs irão ofertar suas vidas a Deus através da Profissão de votos.
Na próxima terça-feira, dia 2 de fevereiro, a Congregação Filhas do Amor Divino celebra uma grande festa, no auditório do Colégio Nossa Senhora das Neves a qual será presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira da Rocha. A celebração, tem o objetivo de comemorar a Festa da Apresentação do Senhor – ocasião de grande importância na vida dos católicos, porque relembra o dia em que Jesus foi apresentado ao Templo, por Maria e José, respeitando a uma tradição daqueles tempos.

A data também tem grande importância para a Congregação, porque algumas irmãs irão ofertar suas vidas a Deus, através da Profissão dos votos de Castidade, Pobreza e Obediência. Além dessas, outras irão celebrar a Ação de Graças ao Divino Amor pelo Jubileu de Vida Consagrada.

Assim, toda a Comunidade Católica irá assistir à PRIMEIRA PROFISSÃO das Irmãs Rosineide Lino da Silva, Jéssika Kaytty Caraciolo de Assis e Jaqueline Ferreira da Costa.

Farão a PROFISSÃO PERPÉTUA as seguintes Irmãs: Maria Arliene Souza Silva, Maria Edneide Teixeira da Silva e Flaviana do Nascimento Rolim.

As BODAS DE DIAMANTES serão celebradas pelas Irmãs: Maria Iaponira Cortez, Maria Nivalda Vasconcelos Montenegro, Maria Áquila Vieira Lucena, Maria Leonarda dos Santos, Maria Tarsila da Silva, Maria Anselma Rodrigues de Lima e Maria Armanda Lopes.

A Irmã Maria Paulina Ferreira irá celebrar as BODAS DE OURO na vida religiosa.



" A graça da vocação merece nossa maior estima, por ser a maior mercê que Deus nos pode conceder"  Madre Francisca Lechner


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Arquidiocese celebra missa na intenção das vítimas da violência

A Arquidiocese de Natal celebra hoje (29) missa na intenção das vítimas da violência e seus familiares. 

A celebração, presidida pelo Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha, acontece às 18 horas, na Catedral Metropolitana. 

Será um gesto de atenção e solidariedade, por parte da Igreja Católica, às vítimas.

Neves: Semana Pedagógica oferece Workshop da Escola da Inteligência


No 4º dia da Semana Pedagógica 2016 do Colégio das Neves foi realizado um Workshop da Escola da Inteligência, ministrado pela psicóloga e consultora do Programa, Milena Fonseca. O encontro auxiliou na capacitação de professores e funcionários para a excelência na utilização da metodologia da Escola da Inteligência a fim de garantir profissionais altamente qualificados e especializados no processo.

O Programa Escola da Inteligência foi implantado no Colégio das Neves em 2015 e é baseado na Teoria Multifocal, desenvolvida pelo Dr. Augusto Cury. O objetivo é contribuir na formação dos alunos e formar cidadãos diferentes que respeitem a sociedade na qual convivem e sejam emocionalmente saudáveis.

Na última quarta-feira (27/01), o encontro foi destinado a apresentação da equipe que compõe o Serviço de Orientação Escolar (SOE). O evento teve como finalidade construir uma parceria com os professores, visando um melhor monitoramento, orientação de comportamento, responsabilidade e envolvimento dos estudantes. Na ocasião foram abordados os principais projetos de cada nível de ensino. Dentre eles: Sexualidade e Respeitando as Diferenças na Educação Infantil e Colegiado Escolar no Ensino Fundamental e Médio.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Papa: “A misericórdia não pode ficar indiferente diante do sofrimento dos oprimidos”

O Papa Francisco se encontrou nesta quarta-feira com milhares de pessoas provenientes de todo o mundo, na Praça de São Pedro para a tradicional Audiência Geral. Depois de algumas semanas realizando a Audiência na Sala Paulo VI por causa do frio, esta semana voltou à Praça, para receber mais pessoas.
Com grande entusiasmo e emoção, os peregrinos receberam o Santo Padre em sua chegada a bordo do papamóvel. Depois de passar pelos corredores da Praça de São Pedro abençoando aos presentes, o Papa prosseguiu sua série de catequeses sobre a misericórdia.
Além disso, fez hoje um anúncio. O Pontifício Conselho Cor Unum, por ocasião do Jubileu da Misericórdia, promove um dia de retiro espiritual para grupos que se dedicam ao serviço da caridade. A jornada, que deve ser realizada em todas as dioceses durante Quaresma, será uma “ocasião para refletir sobre o chamado a ser misericordioso como o Pai”, explicou. Por isso,  Francisco convidou a acolher esta proposta utilizando as instruções e manuais elaborados pelo Cor Unum.
No resumo feito em português, o Santo Padre Francisco indicou que como no texto da Sagrada Escritura lido ao início da catequese, “Deus escutou os gemidos dos filhos de Israel na servidão”: “Na sua misericórdia, atende o grito de socorro; não desvia o olhar para não ver, não é indiferente ao sofrimento humano”.
Ele explicou que “o Senhor intervém para salvar, suscitando homens capazes de ouvir o gemido do sofrimento e agir em favor dos oprimidos”. Como mediador de libertação para o seu povo, envia Moisés, “que vai ter com o Faraó para o convencer a deixar partir Israel e depois guia-o no caminho para a liberdade”.
Ele recordou que Moisés, quando era menino, “fora salvo das águas do rio Nilo pela misericórdia divina; e agora é feito mediador daquela mesma misericórdia a favor do seu povo, permitindo-lhe nascer para a liberdade salvo das águas do Mar Vermelho”.
E sublinhou que “a misericórdia de Deus atua sempre para salvar”. Através do seu servo Moisés, o Senhor guia Israel no deserto como se fosse um filho, educa-o na fé e faz aliança com ele criando um vínculo fortíssimo de amor, uma relação semelhante à que existe entre pai e filho e entre marido e esposa. “É uma relação particular, exclusiva, privilegiada de amor, fazendo dos israelitas «um reino de sacerdotes e uma nação santa», afirmou Francisco.
“Vede a que ponto chega a misericórdia divina! Pois bem, é isto mesmo que nós próprios nos tornamos para Deus, deixando-nos salvar por Ele e acolhendo a sua aliança”, destacou o Papa.
“A misericórdia divina torna o homem precioso, como um tesouro pessoal que pertence ao Senhor, que Ele guarda e no qual Se compraz. Tornamo-nos jóias preciosas nas mãos do Pai bom e misericordioso”, afirmou Francisco.

Fonte:ZENIT

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Maravilhoso valor da SANTA MISSA

Uma só Missa a que houveres assistido em vida, será mais salutar que muitas a que os outros  assistirão por ti depois da morte. Será ratificado no Céu a benção, que do Sacerdote recebes na Santa Missa(Santo Agostinho).              


O martírio não é nada em comparação com a Santa Missa. Pelo martírio, homem oferece a DEUS a sua vida; na Santa Missa, porém, DEUS dá o seu corpo e o seu Sangue em sacrifício para os homens.
Se o homem reconhecesse devidamente esse mistério, morreria de amor.
A Eucaristia é o milagre supremo do SALVADOR; é o dom soberano do Seu amor. ( São Tomás de Aquino).


Todas as Missas têm um valor infinito, pois são celebradas pelo próprio JESUS CRISTO, com uma devoção e amor acima do entendimento dos Anjos e dos homens, constituindo o meio mais eficaz, que nos deixou Nosso Senhor JESUS CRISTO, para a salvação da humanidade. (Santa Mectildes).


Fica sabendo, ó cristão, que mais se merece assistir devotamente uma só Missa (na igreja), do que distribuir todas as riquezas aos pobres e peregrinar toda a Terra.  (São Bernardo).

Nenhuma língua humana pode exprimir os frutos de graças, que atrai o oferecimento do Santo Sacrifício da Missa (São Lourenço).

FRASE DA SEMANA


sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Dez pedidos que devemos fazer a Deus em nossas orações


 1 – Que desde a manhã possamos sentir o Seu amor, para que a Sua alegria seja a nossa força durante todo o dia.

2 – Que Deus expulse de nosso coração as trevas do pecado e faça-nos alcançar a verdadeira Luz que é Jesus Cristo.

3 – Que Deus nos dê a compreensão dos nossos deveres e a força de cumpri-los.

4 – Que Deus faça de nossa vida um continuo sacrifício de louvor.
5 – Que possamos guardar sempre os Seus Mandamentos para que, pela força do Espírito Santo, Ele permaneça sempre em nós e nós Nele.

6 – Que Deus nos dê a Sua sabedoria eterna, para que ela sempre acompanhe o dirija os nossos desejos, pensamentos e trabalhos.

7 – Que Deus não permita que no dia de hoje sejamos motivo de tristeza para os convivem conosco, mas causa de alegria para todos. 

8 – Que Deus ilumine as profundezas de nosso coração para que não se prenda em desejos tenebrosos.

9 – Que agrade a Deus o cantar dos nossos lábios e a voz da nossa alma, e que ela chegue até Ele.

10 – Que sobre nós venha a Sua graça da mesma forma que Nele nós esperamos com fé e alegria.

Prof. Felipe Aquino

Para ganharmos a guerra, basta-nos a bandeira de Maria



Em 1955, organizou-se um concurso para escolher a bandeira da Comunidade Europeia. A obra escolhida foi a do artista plástico francês Arsène Heitz: doze estrelas douradas em formato de círculo. Quando se descobriu que era um símbolo de Nossa Senhora, já era tarde demais.

A bandeira da Europa laica ficou sendo uma referência clara à passagem mariana do Apocalipse: “Um grande sinal apareceu no céu – uma Mulher vestida de Sol, com a Lua debaixo dos pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a cabeça”. As doze estrelas representam, a um só tempo, a coroa de Nossa Senhora, os doze apóstolos, as doze tribos de Israel e os dozes meses do ano. Um poderoso símbolo judaico-cristão, criado por um católico francês.

A Europa laica e agnóstica tem sido incapaz de conter o avanço do mal personificado pelo Estado Islâmico. A tragédia de Paris é um sinal de que a Europa cristã deve unir forças – com a consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria, como Ela própria pediu, em 1917 – para evitar a precipitação no abismo. Só venceremos a guerra com a bandeira de Maria.

Nossa Senhora das Graças, Nossa Senhora da Salete, Nossa Senhora de Lourdes, Nossa Senhora de Fátima – rogai por nós, que recorremos a Vós.



quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Neves: Equipe Pedagógica e Professores participam do Dia ANEC 2016

O Dia ANEC promovido pela Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC) chega à sétima edição, em 2016. 

O evento é tradição no calendário das escolas Católicas de todo o Brasil e tem como objetivo promover momentos de encontro, reflexões e troca de experiências entre professores da rede de ensino das escolas católicas. 

O Dia ANEC visa aumentar também a interação entre as escolas e aperfeiçoar o trabalho dos docentes.

A edição deste ano, no Colégio Nossa Senhora das Neves, acontecerá no sábado (23) e o tema: "Reflexões de Neurociências à Aprendizagem" será discutido pelo professor Luís Vicente Ferreira, que é Consultor e Palestrante da FTD – Editora do Grupo Marista; Assessor e Tradutor/Intérprete do Grupo Syntaxis; Dr. em Ciências Sociais; Mestre em Comunicação, Administração e Educação; Especialista em Qualidade da Educação – pelo INEAM/WASHINGTON e Avaliador Institucional do MEC/Brasília.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Encontro internacional encerrará o Ano da vida consagrada


Será realizado em Roma, do 28 janeiro ao 2 fevereiro, o evento de encerramento do Ano da vida consagrada com o tema “Vida consagrada em comunhão. O fundamento comum nas diversidades das formas”. Promovido pela Congregação para os institutos de vida consagrada e as sociedades de vida apostólica, o encontro quer ser uma ocasião para conhecer melhor o grande e variado mundo da vida consagrada na diversidade das formas: Ordo virginum, vida monástica, institutos apostólicos, institutos seculares, novos institutos e novas formas.
Trata-se – diz L’Osservatore Romano – de seis dias de seminários, vigílias de oração, reflexões e debates para reencontrar-se juntos e aprofundar o específico de cada forma, com o olhar dirigido ao futuro. O evento começará com uma vigília de oração na tarde de domingo, 28 de janeiro, na Basílica de São Pedro.
No dia seguinte, na Sala Paulo VI, será realizado um colóquio no qual participarão o card Braz de Aviz e o arcebispo Rodríguez Carballo, respectivamente, prefeito e secretário. Nos dois dias seguintes haverá encontros e debates. terça-feira, 2 de Fevereiro, festa da apresentação do Senhor, na basílica vaticana, Francisco presidirá a concelebração eucarística na conclusão do Ano da vida consagrada.
Fonte:ZENIT

domingo, 17 de janeiro de 2016

Encontro de Religiosos

Encontro promovido pela CRB Nacional em São Paulo para os Religiosos, Religiosas, Membros do Movimento Focolari, Membros das Comunidade de Vida, encerrando o Ano da Vida Consagrada.




A mulher mais poderosa do mundo



Inesperada matéria aborda as aparições marianas e a devoção à Mãe de Jesus – inclusive no islã. Em seu número de 7 de novembro de 2015, a célebre revista americana torna pública a capa da edição de dezembro de 2015, da National Geographic, uma revista que não pode ser catalogada precisamente como “amistosa” para com a Igreja católica. A edição tem na capa aquela que a revista chama de “a mulher mais poderosa do mundo”: Nossa Senhora, a Virgem Maria.

A matéria de Maureen Orth percorre algumas das aparições marianas mais conhecidas no mundo todo, incluindo as supostas aparições de Medjugorje e, ao mesmo tempo, relata histórias de pessoas que receberam graças por intercessão da Virgem Maria. O texto aborda ainda o processo que a Igreja segue para reconhecer ou não o caráter sobrenatural das aparições.

Em certa passagem, Maureen Orth inclui uma breve referência ao papel de Maria no Islã: embora pouco conhecida, existe no mundo muçulmano uma veneração àquela que eles também consideram a mulher mais santa de todas as mulheres: Maria, a Mãe de Jesus.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

MILAGRE NA CHINA

"É um milagre! É uma proteção do Céu", consideram os entusiastas católicos chineses da comunidade clandestina de Zhengding (Hebei), que [...] se reuniram para celebrar o início do Jubileu e a abertura da Porta Santa. O "milagre", explica a agência Asia News, é que a Polícia, sempre diante da igreja, não fez nada para impedir o gesto e não prendeu ninguém. Além disso, quem presidiu a liturgia, das 8:30h às 12:30h, foi o Bispo Dom Julius Jia Zhiguo, não reconhecido pelo governo e mantido em prisão domiciliar durante anos por se recusar a aderir à Associação Patriótica, o órgão do Partido Comunista que gerencia uma - Igreja Católica‖ independente do papa e de Roma.
Dom Jia Zhiguo é vigiado dia e noite e, com frequência, é levado para uma ou duas semanas "de férias" pela Associação Patriótica, ou seja, para cursos de doutrinação e lavagem cerebral. Mesmo controlado, o prelado conta com a estima da polícia e da população.
Durante longo tempo, em sua casa, ele abrigou cerca de 200 crianças abandonadas e pessoas portadoras de deficiências, cuidando delas pessoalmente com a ajuda de algumas freiras e fiéis.
A abertura solene da Porta Santa em Zhengding foi precedida por uma procissão e uma série de leituras da Misericordiae Vultus, a bula com que o Papa Francisco proclamou o Jubileu.
Depois de aberta a Porta Santa, houve a cerimônia eucarística. - É incrível - disse uma freira - que tantas pessoas tenham podido se reunir durante tanto tempo sem ninguém ser preso. Faz anos que o governo chinês tenta eliminar as comunidades clandestinas que realizam atos religiosos considerados "criminosos" pelo Partido.

Muitos sacerdotes envolvidos estão presos. Nos últimos meses, tem havido forte pressão contra sacerdotes e bispos clandestinos para se juntarem à Associação Patriótica, inclusive com tentativas de suborno. 
(Fonte: AsiaNews, AsiaNews)

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

NOTA DE FALECIMENTO


PRONEVES REALIZA VI ENCONTRO DE NOVOS PROFISSIONAIS


Profissionais vêm de vários lugares para participar da Formação.

O Convento das Filhas do Amor Divino, em Emaus, sedia no período de 13 a 15 deste mês, o VI Encontro de Novos Profissionais das Escolas PRONEVES. Este encontro repete-se todos os anos, conforme explica a Responsável pelo Setor de Educação da Província de Nossa Senhora das Neves (PRONEVES), Irmã Aparecida Graciele da Costa, visando a formação dos profissionais que passam a trabalhar nas escolas da instituição.

Durante este período, estes profissionais recebem formação sobre a vida e a missão das irmãs, o carisma que nortea a fundação das Escolas, o pensamento da Madre Francisca Lechner e sobre o processo educativo.

Além disso, esse período serve para que os profissionais de todas as escolas se integrem e convivam entre si, uma vez que eles vêm de lugares diversos. Irmã Aparecida diz que o encontro reúne aproximadamente 100 profissionais de Assu, Caicó, Natal, Patos, Currais Novos, Palmeira dos Índios, e Areia Branca.


A formação dos professores é feita pela Irmã Aurélia Sotero Angelo, que veio de Palma-TO, para ensinar como “Educar a partir do Coração” e pela Irmã Judith Farias, que ministra aulas sobre a “Pedagogia de Jesus e da Madre Francisca Lechner”.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Papa propõe um dia de retiro para instituições de caridade


O Papa Francisco pediu ao Pontifício Conselho Cor Unum que organizasse um dia de retiro em cada organismo de caridade durante a Quaresma, no contexto do Jubileu da Misericórdia e tendo por tema: Caritas Christi urget nos. Assim, o Dicastério deve organizar orações, reflexões e todo o material necessário, depois, difundi-lo para os organismos, que farão esse dia como e quando for mais oportuno ao longo da Quaresma.
Dom Giampietro Dal Toso, Secretário do Cor Unum, explicou alguns detalhes em uma entrevista na Rádio Vaticano. Sobre o sentido da iniciativa, ele disse que na Igreja há uma “miríade de instituições, de grupos, organismos, que trabalham na caridade e dela são testemunhas, servindo aos outros". Mas, “nem sempre há a consciência de que só é possível dar essa misericórdia se ela for recebida”, acrescentou. "Esta é a chave para entender o sentido desse grande retiro que queremos que fosse realizado em toda a Igreja a nível local”.  
Dom Dal Toso afirmou que "nós podemos viver a misericórdia, fazer obras de misericórdia, gerir instituições de misericórdia somente se, primeiro, recebemos a misericórdia do Pai".
Segundo ele, o desejo do Dicastério é que este dia possa realmente chegar à base, a toda a Igreja em nível local. Por isso, o órgão vaticano está se utilizando de dois instrumentos: as conferências episcopais e as redes internacionais de caridade, como por exemplo a Caritas. 

Fonte:ZENIT

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Ataque deixa pelo menos 10 mortos no centro de Istambul

Basílica de Sofia, Turquia
Explosão abalou o bairro de Sultanahmet, ao lado da Basílica de Santa Sofia, uma área visitada diariamente por milhares de turistas

Uma explosão no centro de Istambul deixou pelo menos 10 mortos e 15 feridos nesta terça-feira, 12 de janeiro, atingindo o bairro de Sultanahmet, perto da Basílica de Santa Sofia, do Palácio Topkapi e a Mesquita Azul. A área visitada diariamente por milhares de turistas, conforme informado pela assessoria de imprensa do governado.
Em comunicado, o governo indicou que ainda estão investigando a causa da explosão, o material utilizado, bem como quem pode estar por trás desse ataque. Há hipóteses de que se trata de um atentado suicida.
A explosão ocorreu após as 10:00 (hora local) e pôde ser ouvida a mais de um quilômetro de distância do local exato, de acordo com várias testemunhas. Ambulâncias e carros de bombeiros chegaram rapidamente ao local, a polícia isolou a área e evacuou o bairro.
A Turquia tem sido palco de frequentes ataques, reivindicados por várias organizações terroristas, incluindo o Estado islâmico. No dia 10 de outubro, cerca cem pessoas morreram em um atentado em Ancara.
http://www.zenit.org/pt/articles/ataque-deixa-pelo-menos-10-mortos-no-centro-de-istambul



Papa nomea bispo auxiliar do Porto

 Bandeira de Portugal
Papa Francisco nomeou, no sábado, 09 de janeiro, D. António Augusto de Oliveira Azevedo como bispo auxiliar do Porto.
D. António nasceu no dia 14 de junho de 1962 em São Pedro de Avioso, município de Maia, diocese do Porto. Foi ordenado a 13 de julho de 1986.
Assumiu diversas funções como Pároco, Capelão militar, Membro da Equipa Formadora e Reitor do Seminário, Professor da Faculdade de Teologia e no Centro de Cultura Católica,  Capelão da Universidade Católica, no Centro Regional do Porto, Juiz do Tribunal Eclesiástico, Assistente Diocesano do Centro de Preparação para o Matrimónio (C.P.M.) e da Ação Católica Operária (LOC e JOC, Conselheiro espiritual das Equipas de Nossa Senhora, Secretário do Conselho Presbiteral e Responsável pelo acompanhamento dos Padres novos.
Atual reitor do Seminário Maior da diocese, junta-se a D. António Francisco dos Santos (bispo do Porto), a D. António Maria Bessa Taipa e D. Pio Alves, bispos auxiliares na diocese
Conforme notícia da Arquidiocese de Braga, o sacerdote recebeu a nomeação com “a humildade própria de quem acolhe um chamamento de Deus e da Igreja, com a disponibilidade necessária para corresponder a este grande desafio”.
Apesar da data da ordenação episcopal ainda não ter sido anunciada, D. António Augusto Azevedo revela que já escolheu como lema episcopal “Cantarei eternamente as misericórdias do Senhor”, do Salmo 89.
http://www.zenit.org/pt/articles/papa-nomeia-bispo-auxiliar-do-porto-b7004789-1b36-49d1-b502-e23a64fc446a


Homilia do Papa: A oração dos fiéis muda a Igreja
Não são os papas, bispos ou padres a "levar avante a Igreja", mas os "santos", com suas orações. A oração que derrete o coração, a oração piedosa. Foi o que destacou o Papa Francisco durante a homilia da missa celebrada nesta manhã na capela da Casa Santa Marta.
A Sagrada Escritura é o fundamento das palavras do Pontífice, como evidenciado na primeira leitura de hoje (Sam 1,9-20), onde Ana é a protagonista: uma mulher angustiada com a própria esterilidade, que suplica a Deus o dom de um filho e, um sacerdote, Eli, que não conseguia ouvi-la, a trata como uma "bêbada", não mostrando nenhuma compaixão por ela.
A oração de Ana era de lágrimas: “rezava em seu coração e somente os lábios se moviam, mas não se escutava a voz”, disse o Papa. "Esta é a coragem de uma mulher de fé que, com sua dor, com as suas lágrimas, pede a graça ao Senhor", acrescentou.
Há muitas mulheres que "rezam como uma aposta", disse Francisco, destacando o exemplo de "Santa Monica que, com suas lágrimas, conseguiu obter a graça da conversão de seu filho, Santo Agostinho".
Falando sobre Eli, o sacerdote da primeira leitura de hoje, o Santo Padre confessou "uma certa simpatia": porque “também vejo em mim defeitos que me aproximam dele e me fazem entende-lo melhor”.
Quando “falta piedade no coração, sempre se pensa mal” e não se entende aqueles que rezam “com dor e angústia” e “confiam a dor e a angústia ao Senhor”. Isto aconteceu com Jesus no Jardim das Oliveiras, "quando eram tamanhas a dor e a angústia que Jesus suou sangue”.
Jesus respondeu a esta angústia, da mesma forma que a mulher da primeira leitura de hoje, com "mansidão". Ele não culpou o Pai, apenas pediu: “Pai, se quiser, tire-me isto, mas seja feita a sua vontade”.
“Às vezes, nós rezamos, pedimos ao Senhor, mas muitas vezes não sabemos chegar à luta com o Senhor, às lágrimas, a pedir, a pedir a graça”, afirmou o Papa.
Bergoglio recordou um episódio da sua experiência pastoral em Buenos Aires: um homem com a filha de 9 anos hospitalizada em fins de vida, ia a Virgem de Lujàn e passou a noite grudado nos portões do Santuário para pedir a graça da cura para a menina. E na manhã seguinte, ao voltar ao hospital, encontrou a filha curada.
"A oração faz milagres – disse o Papa - faz milagres também para os cristãos, sejam leigos, como sacerdotes e bispos que perderam a devoção e a piedade”. “A oração dos fiéis muda a Igreja: não somos nós, os Papas, os bispos, os sacerdotes, as religiosas a levar avante a Igreja... são os santos!”.
Francisco concluiu sua homilia destacando que “os santos são aqueles que têm a coragem de crer que Deus é o Senhor e que tudo pode fazer”.
http://www.zenit.org/pt/articles/homilia-do-papa-a-oracao-dos-fieis-muda-a-igreja

Por que Ela sempre aparece de forma diferente?



Na Igreja Católica, nós veneramos Maria com amor filial. Maria é importante para nós, não apenas porque Ela nos mostra Jesus, mas, maiormente, porque Ela nos mostra o caminho que Deus escolheu para vir até nós, na pessoa divina de Jesus.

Maria nos leva a Jesus, não apenas através do mistério da Encarnação, mas também através de suas aparições e sinais. Mas por que Ela sempre aparece de forma diferente?

Em geral, as intervenções de Maria coincidem com um fato histórico preciso ou com uma necessidade particular do povo de Deus. Este fato demonstra o lado maternal da Virgem Maria, que se dedicou, integralmente, à missão que lhe foi confiada por Jesus, na Cruz: a de nos acolher como filhos.

A Virgem Maria reveste-se das características étnicas das populações que vivem nos locais onde Ela escolhe aparecer. E cada uma dessas aparições nos permite contemplar, através de diferentes faces, a grandeza de Maria, a grandeza perceptível, em todos os momentos, em todos os lugares e em todas as culturas.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Papa Francisco fala do verdadeiro e sincero amor de Deus


Na homilia da missa celebrada na capela da casa Santa Marta, Francisco falou sobre o amor. Não daquele amor das novelas ou o amor que pode parecer um entusiasmo, mas o verdadeiro amor, livre, sincero, que só Deus pode dar.
Deus "sempre ama" e ama “por primeiro", destacou o Papa, independentemente de quais e quantos pecados alguém foi capaz de cometer. O amor por si só "é belo; amar é belo", disse Francisco, referindo-se à carta do apóstolo João que faz uma reflexão sobre dois mandamentos principais: o amor de Deus e o amor ao próximo.
"Esta palavra ‘amor’ se usa tantas vezes e, quando usada, não se sabe o que significa exatamente. Que é o amor? Às vezes pensamos no amor das novelas, não, aquilo não parece amor. Ou o amor pode parecer um entusiasmo por uma pessoa e depois...se apaga. De onde vem o verdadeiro amor? Quem ama foi gerado por Deus, porque Deus é amor. Não diz: “Todo amor é Deus”, não: Deus é amor”.
João destaca uma característica do amor de Deus: ama "por primeiro". Demostrado no Evangelho de hoje, quando Cristo multiplica os pães: Jesus olha para a multidão e sente “compaixão". “Compaixão”, explicou Francisco, que “não é a mesma coisa que sentir pena”. Porque o amor que Jesus nutre pelas pessoas que o circundam “o leva a ‘sofrer com elas, a se envolver na vida das pessoas”.
Não só o milagre da multiplicação, mas também episódios como o de Zaqueu, Natanael, o filho pródigo são provas. “Quando temos alguma coisa no coração e queremos pedir perdão ao Senhor, é Ele que nos espera para nos dar o perdão”, reitera o Santo Padre, recordando que esse é o centro do Ano da Misericórdia. Ou seja, estar ciente "de que o Senhor está nos aguardando, a cada um de nós. Por que? Para nos abraçar. Nada de mais. Para dizer: filho, filha, te amo. Deixei que crucificassem meu Filho para ti; este é o preço do meu amor; este é o presente de amor”.
"Este é o presente do amor" de Deus ao homem, reiterou o Papa. "O Senhor me espera, o Senhor quer que eu abra a porta do meu coração". Precisamos ter esta certeza sempre e se alguma vez surgir uma dúvida “se nos sentimos dignos do amor de Deus, é melhor – disse Francisco – porque Ele te espera assim como tu és, não como te dizem “que precisa fazer”.
Então, o que você precisa fazer é " Ir ao Senhor e dizer: ‘Mas tu sabes, Senhor, que te amo’. Ou senão, posso dizer assim: ‘Sabes, Senhor, que eu gostaria de te amar, mas sou muito pecador, muito pecadora”. E Ele fará o mesmo que fez com o filho pródigo, que gastou todo o dinheiro em vícios: nem te deixará acabar a frase, e com um abraço te calará. O abraço do amor de Deus”. 
(http://www.zenit.org/pt/articles/homilia-em-santa-marta-senhor-eu-gostaria-de-te-amar-mas-sou-muito-pecador-com-um-abraco-ele-te)


Jubileu aumenta o número de visitantes em Roma

Aumenta o número de turistas e peregrinos em Roma, por ocasião do Jubileu Especial da Misericórdia. Foi o que afirmou o superintendente Nicholas D'Angelo, na conferência de imprensa realizada ontem, em San Vitale, durante a qual foi apresentado o relatório sobre a segurança na capital. Desde o início do Ano Santo proclamado pelo Papa Francisco, 08 de dezembro de 2015, a Polícia encontrou dados positivos em relação ao mesmo período do ano passado: o número de pessoas que participaram de eventos públicos, especialmente aqueles na Praça de São Pedro em dezembro, aumentou 37% em relação ao ano anterior.
Desde a abertura do Jubileu - disse D'Angelo - "a nossa atenção sobre alertas de terrorismos tem sido máxima. O alerta é para todos os dias. É errado dizer que as pessoas estão trancadas em casa, porque nossos dados mostram que houve um aumento na participação e no comparecimento em eventos da capital em dezembro, comparado com o mesmo mês no ano passado”.
São Pedro registrou fluxo de 527 mil pessoas, que passaram pela área de pedestres criada na Via della Conciliazione. Uma iniciativa que tem tido grande "sucesso", disse o superintendente, salientando que "os controles de acesso a São Pedro sempre foram realizados regularmente e cuidadosamente" com "a máxima colaboração de todos os peregrinos".
De acordo com dados fornecidos pela Polícia de Roma, houve um aumento no fluxo de chegada pelas rodovias de 2,8% em dezembro, juntamente com um aumento de 3,6% nos aeroportos de Roma, e um aumento de 8,4% das chegadas em portos. Aumentou 10,5% o número de recursos, enquanto caiu em 30,8% o número de crimes: roubo (11%), delitos (12,54%) assalto (42,8%).
Os cidadãos viveram pacificamente na cidade, mesmo durante o dia de Ano Novo. "As ruas estavam cheias", disse D'Angelo, acrescentando: "Certamente há temor por aí, por causa do Estado Islâmico, é um momento difícil, mas isso não impediu os cidadãos de desfrutarem o Ano Novo em paz. A Polícia também registrou casa cheia nos teatros da capital onde a polícia tem assegurado um minucioso controle".

(http://www.zenit.org/pt/articles/jubileu-aumenta-o-numero-de-visitantes-em-roma)

domingo, 10 de janeiro de 2016

RCC Jovem promove ação no litoral de Natal durante verão

O grupo da Renovação Carismática, por meio do Ministério Jovem do Rio Grande do Norte, vai promover, durante o período de 13 a 17 de janeiro, uma ação no litoral da capital, com a proposta de evangelizar os turistas e visitantes das praias potiguares. No dia 13, haverá a missa de abertura do projeto. No dia 14, os missionários participarão de um momento de formação e, a partir do dia 15 de janeiro, eles vão realizar a ação, nas Praias do Meio, Ponta Negra e Redinha, além de visitas a hospitais e orfanatos de Natal.
Esta é a segunda vez que o projeto é realizado no estado, mas a primeira vez em Natal. A edição anterior aconteceu na Praia de Tibau, em Mossoró, no ano passado. A missão contará com 140 missionários que integram a RCC Jovem no RN, além de uma equipe de servos, com aproximadamente 50 pessoas.

A responsabilidade dos pregadores


Ninguém prega em seu próprio nome, mas é enviado pela Igreja; então, o pregador precisa ser fiel à Igreja que representa.

Em suas homilias sobre os Evangelhos, São Gregório Magno (540-604), papa e doutor da Igreja, nos deixa uma profunda reflexão sobre a missão de todo pregador da Palavra de Deus. (Hom. 17,3.14: PL 76,1139-1140.1146).

Ele começa lembrando as palavras do Senhor: “A messe é grande, mas poucos os operários. Rogai, portanto, ao Senhor da messe que envie operários a seu campo. São poucos os operários para a grande messe” (Mt 9,37-38).
Sem meias palavras ele critica os maus sacerdotes do seu tempo: “Não podemos deixar de dizer isto com imensa tristeza, porque, embora haja quem escute as boas palavras, falta quem as diga. Eis que o mundo está cheio de sacerdotes. Todavia na messe de Deus é muito raro encontrar-se um operário. Recebemos, é certo, o ofício sacerdotal, mas não o pomos em prática… Que a língua não se entorpeça diante da exortação, para que, tendo recebido a condição de pregadores, nosso silêncio também não nos imobilize diante do justo juiz. Com frequência, por maldade sua, a língua dos pregadores se vê impedida. Por sua vez, por culpa dos súditos, muitas vezes acontece que seus chefes os privem da palavra da pregação. Por maldade sua, com efeito, a língua dos pregadores se vê impedida… Por sua vez, por culpa dos súditos, cala-se a voz dos pregadores”.

Neste tempo de relativismo moral, em que nem sempre os pregadores obedecem aos ensinamentos do Magistério da Igreja, muito bem definidos no Catecismo da Igreja, preferindo às vezes ensinar os “seus” conceitos, São Gregório diz:

“Porque se o silêncio do pastor às vezes o prejudica, sempre causa dano ao povo, isto é absolutamente certo. Há ainda outra coisa, irmãos caríssimos, que muito me aflige na vida dos pastores… Um cargo nos foi dado pela consagração e, na prática, damos prova de outro. Abandonamos o ministério da pregação e, reconheço-o para pesar nosso… Aqueles que nos foram confiados abandonam a Deus e nos calamos. Jazem em suas más ações e não lhes estendemos a mão da advertência. Quando, porém, conseguiremos corrigir a vida de outrem, se descuramos a nossa? Preocupados com questões terrenas, tornamo-nos tanto mais insensíveis interiormente quanto mais parecemos aplicados às coisas exteriores.”


Prof. Felipe Aquino

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

São Paulo do Potengi celebra missa pelos 16 anos de vida eterna do Monsenhor Expedito

A Paróquia de São Paulo Apóstolo, em São Paulo do Potengi, celebra no próximo dia 16 de janeiro, missa pelos 16 anos de vida eterna do Monsenhor Expedito, que foi pároco daquela comunidade. A celebração vai acontecer às 19h, na Igreja Matriz, presidida pelo arcebispo emérito, Dom Matias Patrício de Macedo.
Durante este ano de 2016, também será comemorado o centenário do nascimento do monsenhor, com uma programação especial. Em sua caminhada paroquial, monsenhor Expedito esteve à frente de diversos movimentos em favor da água para o sertão nordestino, sendo nomeado como “Profeta das águas”.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Co-padroeiros de Natal são festejados

Os Santos Reis Magos estão sendo festejados desde o dia 02 de janeiro, no bairro de Santos Reis, em Natal, com uma vasta programação. 
Os santos são co-padroeiros da cidade de Natal. As atividades, no dia 02 tiveram início às 18h, com carreata, saindo da Catedral Metropolitana, com destino ao Santuário dos Santos Reis, com hasteamento das bandeiras e celebração de missa, presidida pelo padre Rodrigo Paiva, capelão do Colégio Nossa Senhora de Fátima.
Nos demais dias a programação é a seguinte:

Dia 03 – 12h – ângelus; 17h – missa; 19h30 – Tríduo e bênção do Santíssimo Sacramento. 
Dia 04 – 06h30 – missa; 12h – ângelus; 19h – Tríduo e bênção do Santíssimo Sacramento. 
Dia 05 – 05h – caminhada penitencial com destino ao Forte dos Reis Magos e celebração de missa; 12h – ângelus; 19h30 – Tríduo e bênção do Santíssimo Sacramento.
Já no dia 06 de janeiro, encerramento dos festejos, as atividades terão início às 06h, com alvorada festiva. Às 07h haverá celebração de missa, presidida pelo padre César Luiz, vigário paroquial da Paróquia da Sagrada Família. Às 09h, missa dos peregrinos, que será transmitida pela Rádio Rural de Natal. 
Às 11h terá celebração do sacramento do batismo. Às 16h os fiéis poderão participar da procissão com os co-padroeiros da capital potiguar, culminando com a celebração de missa, às 18h, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira, marcando as comemorações pelos seus 20 anos de episcopado.

A grande mensagem de esperança de Nossa Senhora de Fátima




Em 13 de julho de 1917, Irmã Lúcia recebeu três segredos. O terceiro foi revelado publicamente no dia 13 de maio de 2000, acompanhado de um comentário que o interpreta:

“Do mesmo modo que a palavra chave da primeira e da segunda parte do “segredo” é a de “salvar almas”, a “palavra chave deste ‘segredo’ é o tríplice grito: ‘Penitência! Penitência! Penitência!’ (...).

“Gostaria, enfim, de retornar a outra palavra chave do ‘segredo’, que, com razão, fez‑se famosa: ‘O Meu Coração Imaculado triunfará’. O que significa isto? Que o coração aberto a Deus, purificado pela contemplação de Deus, é mais forte que os fuzis e que qualquer outro tipo de arma. O Fiat de Maria, a palavra de Seu coração, mudou a história do mundo porque Ela introduziu no mundo o Salvador, porque graças a este ‘sim’ Deus pôde se tornar homem em nosso mundo e assim permanece agora e para sempre.

“O maligno tem poder neste mundo (...) ele tem poder porque nossa liberdade se deixa afastar continuamente de Deus. Mas já que o próprio Deus tem um coração humano (...), a liberdade para o mal não tem a última palavra. Desde então, as palavras necessárias: ‘No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo’ (Jo 16, 33). A mensagem de Fátima convida a confiar nessa promessa.”

O terceiro Segredo de Fátima comentado pelo Cardeal Joseph Ratzinger,
Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé