domingo, 30 de agosto de 2015

Arquidiocese de Natal prepara comemoração de aniversário de A Ordem

Em julho passado, o jornal A Ordem completou 80 anos de história. A data, porém, será comemorada no próximo dia 9 de setembro, às 19h30, na Academia Norte riograndense de Letras, situada na Rua Mipibu, 443, no bairro de Petrópolis, em Natal. Na ocasião, além do pronunciamento do Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha, e de pessoas que fizeram a história do periódico, será ministrada uma palestra com o jornalista Diego Amorim, do Correio Braziliense, sobre o ‘Presente e o futuro do jornal impresso’.
A solenidade é aberta aos sacerdotes, diáconos, religiosos, autoridades, agentes da Pastoral da Comunicação, profissionais e estudantes de comunicação social e à comunidade em geral.
O primeiro exemplar do jornal A Ordem foi publicado em 14 de julho de 1935, sob a responsabilidade da Congregação Mariana. A história do periódico pode ser dividida em três fases: 1935 a 1953, 1960 a 1967 e a terceira teve início em 1999 e se prolonga até hoje. Atualmente, o jornal circula semanalmente, com 1.400 exemplares, e chega às paróquias, através de assinaturas. Além da versão impressa, o jornal também é disponibilizado, todas as segundas-feiras, no site arquidiocesedenatal.org.br.

sábado, 29 de agosto de 2015

Uma grande vitória da vida e da família



As famílias, em especial a paulistana, ganharam uma grande batalha na tarde de última terça-feira (25/08/15), com a não inclusão da antinatural ideologia de gênero no Plano Municipal de Educação de São Paulo.

A Câmara de Vereadores da cidade tem cerca de 55 vereadores e é a maior da América Latina. Venceu o bom senso, venceu a família, venceram as crianças, venceu Deus. Foi uma luta que envolveu muitos cristãos contra esta ideologia que veio de longe, desde a Conferência da ONU, sobre a Mulher, na China, em 1995, onde começou a ser propagada pelo mundo, especialmente pelas feministas, tentando ensinar que não existe sexo, nem homem e nem mulher; uma insanidade sem precedentes na história da humanidade, que desrespeita a natureza, a ciência e o bom senso. É algo orquestrado internacionalmente, com apoio também de organizações não governamentais, para destruir, na raiz, a família e a civilização judaico-cristã.

O PME (Plano Municipal de Educação) foi aprovado em segunda votação em São Paulo, com substitutivo assinado pelas lideranças dos partidos (exceto PPS, PDT e Psol), por 44 votos a favor e apenas quatro contrários – dos vereadores Cláudio Fonseca (PPS), Juliana Cardoso (PT), Netinho de Paula (PDT) e Toninho Vespoli (PSOL). O Projeto de Lei (PL) 415/2012 foi aprovado sem menção à ideologia de gênero. No dia 11 de agosto, já tinha acontecido a primeira votação em que a mesma ideologia havia sido rejeitada por 42 votos a 2.


Prof. Felipe Aquino

12 Lições de Santo Agostinho

1 – Sou um bom mestre enquanto continuo sendo um aluno.
2 – Não espereis receber de mim todas as respostas que necessitais. Eu não sou um
3 – O verdadeiro mestre está sempre disposto a ser corrigido.
4 – Um homem com um corpo normal e uma mente deformada é mais digno de lástima que se fosse completamente deformado.
5 – A verdade é o alimento da alma.
6 – Nada estará perdido enquanto estivermos em busca.
7 – Pouco importa quanto fazes, o que importa é quanto amas.
8 – O amor, como a fogueira, quanto mais arde, mais queima.
9 – Quando o querer é completo, o trabalho se torna um lazer.
10 – Dor compartilhada é dor amenizada.
11 – Uma humildade falsa é refinada soberba.
12 – Se dás a esmola com tristeza, a esmola e o amor perdes.


quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Orientação Profissional no Cristo Redentor




Inicio do Ciclo de Palestras de Orientação Profissional 2015, no Centro Educacional Cristo Redentor.

Nesta terça-feira: Biomedicina e Ciências Contábeis, com o Dr. Jorge Ferreira de Lima Neto e Contadora Cleise de Freitas Medeiros. 


A diretora do Cristo Redentor, Irmã Eliud Nogueira, agradecendo a colaboração da contadora Cleise de Freitas.



O coração religioso do país e o símbolo de sua liberdade política




Częstochowa é uma cidade do sul da Polônia, conhecida mundialmente pelo Mosteiro dos Padres Paulinos de Jasna Góra, santuário mariano, onde se encontra a imagem milagrosa de Nossa Senhora de Czestochowa, ícone da Madona Negra.

Częstochowa é um centro de peregrinação visitado anualmente por 4 a 5 milhões de peregrinos que chegam de 80 países. O ícone, ali instalado por Opolczyk Władysław (Ladislau d´ Opole), em 1382, é facilmente reconhecido pelas "cicatrizes" no rosto da Virgem, memórias da pilhagem do santuário pelos bandidos hussitas (hereges) em 14 de abril de 1430, dia de Páscoa.

Jasna Góra é o coração religioso do país e símbolo de sua liberdade política. Em 1920, o Exército Vermelho ameaçava Varsóvia. O Episcopado polonês reuniu-se, então, em Jasna Góra, no dia 27 de julho, e renovou a consagração a Maria. Milhares de peregrinos afluíram ao santuário para pedir a libertação do país ao seu Soberano. Em 15 de agosto, dia da Assunção, eles foram ouvidos: e este fato ficou conhecido como o “milagre sobre o rio Vístula”.

Em maio de 1936, 25.000 estudantes consagraram-se a Maria e prometeram construir uma nova Polônia. Entre eles, um certo Karol Wojtyla.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Neves realizou Café Literário

Integrando as atividades do projeto A Gosto Literário, o Colégio das Neves realizou na última sexta-feira (21) o Café Literário, evento que reuniu alunos, professores e pais para um bate-papo com a escritora Clotilde Tavares.

O encontro foi recheado de homenagens à autora de mais de 40 publicações, entre livros, cordéis e peças teatrais. Os alunos se divertiram ao som da Banda Neves, assistiram a peças, espetáculos de dança e vibraram com a distribuição de livros empreendida por Clotilde.

"Considero esse encontro muito produtivo e estimulante, especialmente para os alunos", afirmou Rosângela Maura, mãe da aluna Brena Alexandra, do 8º ano A.

Em sua conversa com os alunos, Clotilde exaltou a presença dos pais no evento, ao afirmar que "a escola também é feita pelos pais", e se disse surpresa ao saber da homenagem que receberia durante o Café Literário.

A sua obra "A botija", uma narrativa de amor e aventura, foi lida pelos alunos do 9º ano em sala de aula. Em virtude disso, após o Café Literário os alunos se reuniram com a autora na Livraria da Escola para conversar sobre a obra.

A aluna Mariana Fernandes exalta a iniciativa e afirma que encontros como esse ajudam a valorizar o trabalho do escritor em nosso país. "Eu, particularmente, não perco esse tipo de encontro. É a chance do leitor e escritor ficarem juntos, diminuírem a distância. Ainda mais com Clotilde com uma experiência invejável, com a capacidade de compreender a importância da leitura, da escola e dos pais".

"As pessoas dizem que o mundo não tem jeito, que tudo está cheio de ódio e intolerância. No entanto, quando estou em um evento como esse, cheio de gente discutindo literatura, eu penso que o mundo tem jeito sim", arremata Clotilde. 

Pe. João Medeiros celebra 50 anos de sacerdócio

O Padre João Medeiros Filho, do clero da Arquidiocese de Natal, celebra nesta  terça-feira (25), 50 anos de vida sacerdotal. Para festejar a data, na mesma data haverá uma missa em ação de graças. A celebração acontecerá na Igreja de Santo Agostinho, no Conjunto dos Professores, em Natal, a partir das 19h30.

Fonte: Site da Arquidiocese 

Sínodo: "A abertura a situações irregulares não põe a doutrina em risco, mas abre à misericórdia de Deus"

"Um bálsamo de misericórdia para a família" é o título da carta pastoral de dom Mario Grech, bispo de Gozo, em Malta, publicada na Solenidade da Assunção de Maria. O prelado propõe curar as feridas dos muitos casais e famílias considerados "irregulares", pensando no sínodo de outubro próximo, que, para o bispo, é uma oportunidade para realçar a imagem de uma Igreja que não tem suas "portas fechadas", mas que é um "refúgio de todos os pecadores", onde "há vida e esperança de conversão". Isto não significa que haja "intenção de mudar a doutrina sobre o matrimônio e a família": pelo contrário, a verdade fundamental em todas as discussões, destaca o bispo de Gozo, é que "o casamento é um sacramento" e que "a base da família é o casamento entre um homem e uma mulher, ligados por um amor indissolúvel, fiel e aberto à vida". O núcleo assim formado é uma instituição "muito apreciada" pelos seus benefícios "humanos, sociais e espirituais", tanto que "o desejo de formar uma família está profundamente enraizado na natureza humana".

No entanto, existem situações difíceis que não podem ser ignoradas: separações, divórcios, segundo casamento, relações adúlteras, "em oposição aos preceitos do Evangelho". E há também um "tsunami cultural" que lança sérias dúvidas sobre "as convicções consolidadas" a respeito da família e do casamento: o divórcio, as uniões civis, a teoria do gênero, a procriação assistida. São questões que põem em crise a própria ideia de casamento, cujos valores foram "reduzidos e enfraquecidos". E "a crise do casamento leva a uma crise de fé", aponta o bispo, porque, em tempos de angústia, "é fácil sucumbir à tentação de virar as costas para Deus".

A atenção se volta necessariamente aos divorciados recasados, que, embora vivam em situação contrária ao sacramento cristão, não são excomungados e continuam fazendo parte da Igreja, como recordou o papa na audiência de 5 de agosto. "Na Igreja, há lugar para todos que acreditam em Deus. Ninguém é excluído nem irremediavelmente perdido ou descartado", afirma dom Grech.

O foco está na "misericórdia", que é "o coração da doutrina cristã". "Quem propõe a queda de algumas barreiras para aqueles que estão num relacionamento irregular, mas creem em Cristo Salvador, não está colocando em risco a doutrina da indissolubilidade do matrimônio, mas tentando tornar possível experimentar o bálsamo da misericórdia de Deus, de acordo com a chamada 'via penitencial'", diz dom Grech. Isto "nunca vai estar em desacordo com o Evangelho", porque "Deus misericordioso toca as feridas abertas da humanidade para curá-las".

A misericórdia "pressupõe a justiça", mas "vai muito além dela", porque "Deus dá ao homem muito mais do que ele merece".

A esperança de dom Grech para o sínodo é, portanto, que a Igreja, "permanecendo fiel ao Evangelho da família e sustentando as famílias que permanecem firmes", também procure, ao mesmo tempo, "ser fiel ao Evangelho da misericórdia e garantir que aqueles que falharam no primeiro casamento possam esperar na misericórdia de Deus e experimentar a alegria do seu amor".

Fonte:ZENIT

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Neves: Café Literário recebe a escritora Clotilde Tavares

A primeira edição do segundo semestre do Café da Livraria, evento promovido periodicamente pelo Colégio Nossa Senhora das Neves, em Natal, será realizado na tarde desta sexta-feira (21), a partir das 17h45. Desta vez, a convidada especial é a escritora Clotilde Tavares. Autora de mais de 40 publicações, entre livros, cordéis e peças teatrais, a paraibana de Campina Grande, radicada em Natal ainda nos anos 1970, escreveu ensaios, crônicas e romances infanto-juvenis bastante elogiados no meio literário.

O momento faz parte da programação do projeto A Gosto Literário e tem como objetivo proporcionar um encontro para discussão sobre a importância do universo literário. Os jovens leitores da escola baterão um papo com a escritora e farão uma releitura do livro de contos “A Butija”, obra estudada em sala de aula pelos estudantes do Ensino Fundamental.

O café cultural é um momento de confraternização e reúne alunos, pais, professores e convidados. No evento serão vendidas e os presentes poderão desfrutar o momento ao som da Banda Neves.

As Vocações em Destaque, no ENSV

Nesta semana dedicada à vocação religiosa, os alunos  do Educandário Nossa Senhora das Vitórias/Assú-RN, vivenciaram a ternura e coragem de mulheres que mudaram o mundo com o seu testemunho. Santa Rita de Cássia (a mãe abnegada), Irmã Lindalva (consagrada convicta), Santa Teresinha (a mulher em forma de rosa) e Santa Clara de Assis (a devota da providência divina). Em suas histórias, a centelha de Deus...

Canguaretama sedia Jornada Apostólica do Nordeste

Nos dias 14, 15 e 16 de agosto, a Paróquia de Nossa Senhora da Comceição, de Canguaretama sediou a 8ª Jornada Apostólica do Nordeste. Estiveram presentes, grupos do Movimento do Apostolado da Oração de Pernambuco, Aracaju (SE), Campina Grande (PB), Natal, Goianinha, Pedro Velho e Canguaretama. 

A programação contou com momentos de formação, encerrando no domingo (16), com a celebração eucarística, no Santuário Chama de Amor, em Cunhaú, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha.

Caminho de Santiago acolhe a primeira peregrinação inter-religiosa

O Caminho de Santiago vai receber, de 30 de agosto até 06 de setembro, a primeira peregrinação inter-religiosa de sua história, sob o lema "Um mundo diferente é possível".

O encontro conta com a participação de mais de 120 fiéis católicos, judeus, budistas, muçulmanos e hindus que irão percorrer 107 quilômetros do chamado Caminho Francês em terras leonesas promovendo a paz e a justiça social.

A peregrinação pretende mostrar à sociedade que “as vidas espirituais são um claro sinal de diálogo, convivência e desenvolvimento, onde as diferentes religiões não se separam, mas se unem", explicam os organizadores.

"O objetivo é superar as barreiras dos diferentes credos, ajudar uns aos outros na renovação espiritual e promover uma mensagem de paz e de mudança para um mundo rico e complexo, a fim que as opções materialistas tanto espirituais como científicas, empresariais, sociais ... não prevaleçam sobre as opções mais humanas de solidariedade e respeito”.

Os organizadores destacam que “a iniciativa nasceu como vocação para ser um veículo de coexistência e aprofundamento espiritual dos fiéis de diferentes tradições religiosas na Espanha. Neste sentido, não é apenas um evento, mas visa a um processo de encontro inter-religioso".

Todos os dias, várias atividades serão realizadas com um tema que será trabalhado ao longo do caminho. Haverá momentos para celebrar, compartilhar, refletir, para o lazer, para ficar em silêncio ... respeitando os momentos de oração de cada confissão.

A peregrinação consiste em seis etapas no decorrer dos 107 quilômetros que serão percorridos na província de Léon. A viagem terá início no dia 30 de agosto, em León, com a recepção dos participantes no Mosteiro de Santa Maria de Carbajal. Em cada etapa um grupo religioso diferente será responsável pela direção da viagem que vai atravessar as cidades de Sahagún, El Burgo Ranero, Mansilla de las Mulas, San Miguel del Camino, Hospital Órbigo, Astorga e Rabanal del Camino.

Trata-se de um projeto conjunto da Comissão ibérica de diálogo inter-religioso monástico, da Comunidade judia Masorti Bet-El, da Casa Turco-Arco Fórum, da Comunidade budista Dag Shang Kagyu, da Comunidade Baha'i de Espanha, e do Fórum Abraham da Associação hindu Veda Dharma.

A peregrinação tem o apoio dos Missionários da Unidade, do Zendo Betânia, da Comunidade ecumênica Horeb Charles de Foucauld, da Conferência Espanhola dos Religiosos (CONFER), da Associação para o Diálogo Inter-religioso da Comunidade de Madrid (ADIM ), da Associação Ecumênica Internacional, entre outros. As comunidades beneditinas de Santa Maria de Carbajal e Rabanal del Camino participam ativamente na acolhida dos peregrinos.

Fonte:ZENIT

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Igreja Católica perde 2.000 religiosos todos os anos, diz cardeal brasileiro

A Igreja Católica perde anualmente cerca de 2.000 religiosos, homens e mulheres, em todos os continentes, sobretudo na Europa, revelou o cardeal brasileiro d. João Braz de Aviz, prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica
A declaração foi dada em encontro na tarde desta quarta-feira (19) com mil freiras, padres, irmãos e leigos, na Catedral de São Paulo, na praça da Sé, região central de São Paulo. No comando de aproximadamente 1,5 milhão de religiosos, pertencentes a quase 3.000 congregações e comunidades de consagrados, o cardeal faz uma revolução no Vaticano para atrair novas vocações.
Ex-arcebispo de Brasília, d. João foi nomeado prefeito por Bento 16 em 2011 e confirmado pelo papa Francisco em 2013.
"A idade média das freiras na Europa é de 85 anos, o que significa que essas idosas vão morrer em breve sem que apareçam outras para ocupar seu lugar", disse d. João ao jornal "O Estado de S. Paulo", antes da palestra na Sé.
Novas vocações só têm surgido, em maior proporção, na África e na Ásia, onde o catolicismo tem prosperado. "Vietnã e Coreia do Sul têm, cada um, 10% de católicos em suas populações", informou o cardeal.
Para o prefeito da congregação romana responsável pelos cristãos de vida consagrada, é urgente recriar ou rever a vida comunitária nos conventos, para restabelecer a convivência em ambiente de compreensão e caridade entre seus membros. "Sei de casos de religiosos que deixaram suas comunidades e querem voltar, mas desistem porque não encontram nelas a vida em família", disse d. João. A revisão inclui a possibilidade de organizar comunidades mistas na vida consagrada.
"No passado, tivemos dificuldades para a convivência, porque se dizia que era preciso ter cuidado, porque a mulher é um perigo, ou cuidado porque o homem é um perigo", observou o cardeal. "Não aconselho muito formar comunidades mistas na mesma casa", disse, depois de ter lembrado que o voto de castidade faz parte da vocação religiosa.
D. João revelou que recebeu o pedido de dispensa de uma freira de 80 anos, ex-superiora provincial de sua congregação, que deixou o convento porque, conforme alegou, queria realizar seu ideal de maternidade. Ela saiu e adotou um bebê de três meses.
Outro problema sério para a vida religiosa é o da autoridade, ligada ao voto de obediência. "Há muitas autoridades (ou superiores de comunidades) que são opressoras", afirmou o cardeal. Ele citou o exemplo de uma superiora geral que ocupa o cargo há 35 anos e não abre mão dele, com graves consequências para suas subordinadas. "Há casos de superioras que mudam as regras da constituição da congregação para morrerem superioras", lamentou.
A obediência é necessária, disse d. João aos religiosos e leigos de vida consagrada, mas deve ser exercida entre irmãos. "Superiores que não aceitam conselhos não prestam", advertiu. O bom entendimento, no exercício da autoridade, deve se estender aos mais jovens, aos quais se deve dar responsabilidade e poder. "Que o jovem não tenha medo de ir se aprofundando na vida comunitária, no período de formação."
D. João de Aviz advertiu também para o perigo do dinheiro, que algumas ordens e congregações religiosas acumulam, apesar de seus membros fazerem voto de pobreza. "As instituições religiosas detêm 52% do patrimônio do Banco do Vaticano (IOR ou Instituto para as Obras de Religião), dinheiro não está faltando", disse. Como exemplo, ele citou, sem revelar o nome, o caso de uma congregação que, embora com voto de pobreza, tem 30 milhões de euros no banco.
O cardeal foi muito aplaudido pelos religiosos e leigos consagrados, depois de uma hora e meia de palestra. A presidente da seção paulista da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB-SP), irmã Ivone Lourdes Fritzen, elogiou a franqueza e transparência de d. João na exposição sobre a situação e os desafios dos religiosos no mundo.
O cardeal-arcebispo de São Paulo, d. Odilo Scherer, aplaudiu as palavras do prefeito da Cúria Romana. Em seguida, os dois celebraram missa ao lado de bispos e sacerdotes da arquidiocese e de outras cidades.
Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2015/08/20/igreja-perde-2-mil-religiosos-todos-os-anos-alerta-d-braz-de-aviz.htm?cmpid=fb-uolnot

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Bazar Beneficente promovido pelo Grupo de Associados Amor Divino de Assú/RN


Dia 15 de agosto – 2015, O Grupo de Associados Amor Divino de Assu organizou um BAZAR BENEFICENTE para conseguir fundos  a fim de que todos possam participar da SEMINÁRIO DOS ASSOCIADOS que se realizará nos dias 28, 29, 30 na Casa Provincial em Emaús-Parnamirim com o tema: “A BÍBLIA NA VIDA DO ASSOCIADO AMOR DIVINO”. O Bazar teve lugar na PRAÇA SÃO JOÃO BATISTA e o sucesso foi além do esperado. 

A Irmã Judith marcou presença e para cada grupo que ia passando todos cantava para dirigir atenção, um versinho na música de “Mulher Rendeira” :

Olê minha gente,
Venha comprar.
Quem não tiver o dinheiro,
Ao menos venha olhar.

O Bazar foi colocado em uma esquina da Praça, próximo à feira livre localizada ao redor da Praça onde todos passavam. A cada instante passava um carro de propaganda de alguma casa comercial por ser um dia apropriado para tal. Irmã Judith corria até o carro e pedia para anunciar o Bazar o que eles faziam com alegria. A iniciativa deu certo, pode acreditar.


O Grupo pretende repetir a façanha no próximo Sábado – dia 22/08/2015

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Ginástica Rítmica do Neves é destaque em Campeonato Estadual

No início do mês de agosto, a equipe de Ginástica Rítmica do Colégio das Neves iniciou as competições no Campeonato Estadual promovido pela Federação Norte Riograndense de Ginástica, obtendo os resultados apresentados a seguir, além do maior número de ginastas inscritas na competição, 30 ao total.

- Campeãs estaduais na categoria de 15-17 anos

- Campeãs estaduais da categoria 12-14 anos

- A atleta Júlia Braga foi campeã e Nathalia Eufrazio e vice-campeã da competição

- Julia Paschoal foi 3º lugar na categoria 11- 12 anos

Idoso é tema de audiências públicas em Natal

Duas audiências públicas vão tratar da problemática da pessoa idosa. A primeira será realizada dia 24 próximo, às 10 horas, na Assembleia Legislativa, proposta pelo Deputado Estadual Gustavo Fernandes. 
A segunda será dia 26, às 9 horas, na Câmara Municipal de Natal, proposta pela  vereadora Eleika Bezerra. As duas audiências, abertas a qualquer pessoa, foram marcadas em função da Caminhada da Solidariedade, organizada pela Arquidiocese de Natal, e que acontecerá dia 30 de agosto.
A caminhada tem o objetivo de chamar a atenção das pessoas para a problemwebmail.arquidiocesedenatal.org.br67ática dos idosos, especialmente os que residem nos abrigos. Para participar do evento, as pessoas são convidadas a adquirir um kit, composto por camiseta e boné, no valor de R$ 20,00, à venda nas paróquias e no Centro Pastoral Pio X (subsolo da Catedral). A renda será repartida entre sete abrigos de idosos: Juvino Barreto, Casa do Idoso Jesus Misericordioso, Lar do Ancião Evangélico, Centro de Convivência de Mãe Luiza e Lar da Vovozinha, todos em Natal; além do Anísia Pessoa, em São José de Mipibu, e Abrigo São Vicente de Paulo, em Ceará-Mirim.
Fonte:Site da Arquidiocese 

As Vocações no ENSV

Agosto é o mês das vocações, e as aulas de Ensino Religioso, no Educandário Nossa Senhora das Vitórias/Açú-RN estão sendo super especiais. No decorrer da semana passada os pequenos do Fundamental I conheceram a história dos santos: Inácio de Loyola, João Paulo II, Afonso Marga de Ligório e Marcelino. Essa semana tem mais!







quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Por que os filhos se desviam?


Não só os pais, mas toda a família é responsável pela educação dos filhos. Somos frutos de uma família.

O jornalista da Folha de São Paulo, Gilberto Dimenstein, quando residia nos Estados Unidos, escreveu em 21/09/97, um interessante artigo intitulado Solução Caseira é Melhor Remédio Contra o Vício, sobre a terrível questão das drogas. Diz ele:

“Para dar apenas um número da gravidade do problema: aqui (EUA) todos os anos 110 mil jovens experimentam heroína. Já são 600 mil viciados em heroína…’’.
O jornalista afirma que as universidades americanas receberam dinheiro do governo federal para entrevistar 110 mil jovens e 18 mil pais. E conclui:

“Das entrevistas sai, porém, a indicação de que o melhor remédio contra o vício está em casa. Os pesquisadores encontraram uma íntima relação entre o contato afetivo dos filhos com os pais e os distúrbios. Quanto maior a ligação emocional na família, menor a chance de envolvimento com drogas, bebidas, suicídio, sexo promíscuo e violência”.

O jornalista afirma que as gangues procuram de certa forma oferecer aos jovens a família que não tiveram:
“O charme das gangues é justamente oferecer um ambiente de aceitação e até hierarquia. Ou seja, uma família.”

Também a escola aparece com papel fundamental:
“A investigação mostra que o envolvimento emocional com os professores também é um antídoto contra a delinquência”.
Em 21/06/98, o mesmo jornalista, no artigo “Você sabe a data do seu nascimento?”, sobre os meninos de rua, afirma:
“A culpa por estarem na rua é da pobreza, certo? Errado. A investigação ajuda a desfazer o mito de que só a pobreza gera crianças de rua – e de que pobreza gera violência.

É, na verdade, um preconceito. Apenas uma minoria saiu de casa para ganhar dinheiro, algo que tinha percebido (mas não colocado em números), desde o início de minhas pesquisas em 1989.

Quando indagada sobre porque saiu de casa, a imensa maioria se refere aos desentendimentos familiares – muitas vezes abusos dos padrastos. Foram para a rua porque não suportavam o inferno doméstico, marcado pelo abuso sexual, alcoolismo, drogas e pancadarias…Ou seja, a motivação econômica estava bastante distante.”

“Há toneladas de estudos mostrando que o inferno familiar ajuda a jogar os jovens em comportamentos autodestrutivos, o que significa drogas, tentativa de suicídio, violência.” (Folha de São Paulo, Cotidiano, 3-7, 21/06/98).

Se o jovem não tem um lar acolhedor, então, acaba indo buscar na rua o carinho e o amor que não encontrou na própria casa. Se você não sentar o seu filho no seu colo, ele vai sentar no colo de quem você não quer, o traficante, a prostituta…

É necessário descer até as raízes do problema, que são os pais e a moral familiar destruída: divórcio, amor livre, uniões ilícitas, alcoolismo, drogas, etc. O Catecismo afirma que:

“O lar é assim a primeira escola de vida cristã e uma escola de enriquecimento humano (GS,52 § 1). É daí que se aprende a fadiga e a alegria do trabalho, o amor fraterno, o perdão generoso e mesmo reiterado, e sobretudo o culto divino pela oração e oferenda de sua vida” (CIC, 1657).

Fica claro, portanto, que a educação dos filhos, é obra da família, e por isso, sem uma família sólida na fé, a educação dos filhos poderá ficar comprometida. Portanto, a primeira preocupação dos pais deve ser criar um lar cristão, onde não haja lugar para valores não cristãos. O Catecismo diz que:

“Os pais são os primeiros responsáveis pela educação dos filhos. Dão testemunho desta responsabilidade em primeiro lugar pela criação de um lar onde a ternura, o perdão, o respeito, a fidelidade e o serviço desinteressado são a regra. O lar é um lugar apropriado para a educação nas virtudes. Esta requer a aprendizagem da abnegação, de um reto juízo, do domínio de si, 


 condições de toda liberdade verdadeira. Os pais ensinarão os filhos a subordinar as dimensões físicas e instintivas às dimensões interiores e espirituais” (Cat. §2223, CA, 36).

O “conteúdo” da educação deve ser o da ternura, perdão, respeito, fidelidade, serviço, abnegação, reto juízo, domínio de si, fé. É evidente que para transmitir esses valores aos filhos, os pais precisam antes vivê-los. Acima de tudo é pelo bom exemplo dos pais que os filhos serão formados.

Outra necessidade vital para a família é que esta seja unida. Sempre que possível, saírem todos juntos nas viagens de férias e nos passeios. São oportunidades de ouro para educar os filhos. Infelizmente certos pais preferem viajar para longe, sozinhos, ao invés de ir para lugares mais próximos com toda a família.

Temos que nos convencer de uma verdade: não há alegria maior, mais autêntica e mais durável do que aquela que a família nos dá. Pear Bach dizia que “muitas pessoas perdem as pequenas alegrias enquanto aguardam a grande felicidade”. É preciso saber colher as pequenas alegrias no lar.

Prof. Felipe Aquino





terça-feira, 11 de agosto de 2015

Irmãs gêmeas celebram juntas 75 anos de vida religiosa





















NOVA ORLEANS, 24 Jul. 15 / 01:45 pm (ACI).- Canice e Canisius Lastrapes são duas irmãs gêmeas de 93 anos e que têm algo especial em comum: a vocação à vida consagrada e este ano celebram seu 75º aniversário de votos perpétuos. Ambas pertencem às Irmãs da Sagrada Família, congregação com 13 conventos no estado sulista de Louisiana (Estados Unidos).
As gêmeas são as últimas filhas de uma família de 12 irmãos, cresceram em Louisiana e foram educadas por religiosas da infância até a escola secundária.
Em declarações ao jornal The New Orleans Advocate, Canice recordou: “tivemos a presença de irmãs religiosas em nossas vidas todo o tempo”, e acrescentou que “elas sempre foram muito boas. Era simplesmente natural, suponho, que queríamos ser como elas”.
Ambas professaram seus votos em setembro de 1940, na antiga casa matriz das Irmãs da Sagrada Família, em Nova Orleans (Estados Unidos). Dois meses depois, professaram seus votos definitivos.
A irmã Canice assegura que não se arrepende e nem reclama dos sacrifícios que sua vocação lhe exige até o dia de hoje. “Parece que foram sido 75 dias”, assegura a irmã.
“Quando você não gosta do que está fazendo, o tempo parece não avançar em absoluto”, disse.
As irmãs dedicaram sua vida religiosa à educação e a trabalhar com os mais necessitados.
Embora seus serviços as levaram a estar em distintos conventos, “estávamos em contato uma com a outra a maioria do tempo”, recorda a irmã Canisius.
Por outra parte, Jude Lastrapes, sobrinho neto das irmãs Canice e Canisius, reconhece que elas “foram uma enorme inspiração para muita gente ao longo dos anos”.
“É só olhar para elas e você verá muito amor e energia. É como se tivessem nascido para ser freiras”, assegura o sobrinho.

Fonte:http://www.acidigital.com/noticias/irmas-gemeas-celebram-juntas-75-anos-de-vida-religiosa-94018/#.Vcn46CLnCA0.facebook

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Festa dos Pais do ENSV

O Educandário Nossa Senhora das Vitórias, em Açú/RN, realizou uma semana inteira de comemorações ao dia dos pais , e encerrou nesta sexta feira 07/08 , com uma missa na matriz de São João Batista para os pai , alunos , professores e familiares. 

Após a missa, celebrada pelo pároco Padre Fávio Forte de Melo , os pai e sua famílias participaram de mais comemorações na praça de São João Batista. Foram diversas apresentações dos alunos homenageando os pais.





Dom Jaime anuncia caminhada da Solidariede em Natal

Em artigo disponível no portal da Arquidiocese, o arcebispo dom Jaime Vieira Rocha, está convocando a população católica para a "Caminhada da solidariedade", dia 30 de agosto, saindo do Santuário dos Mártires, na Av. Miguel Castro, em Nazaré, para o Abrigo Juvino Barreto, na Alexandrino de Alencar.
O objetivo da caminhada é chamar a atenção para a situação de penúria das instituições sem fins lucrativos que cuidam de idosos em Natal.

O artigo de dom Jaime foi disponibilizado no dia 26 de julho, data em que é celebrado o "Dia dos avós", em homenagem a Sant´Ana e São Joaquim pais de Nossa Senhora.

Em seu texto, o arcebispo conclama a todos a contribuirem com as instituições adquirindo o kit a ser usado na caminhada (camiseta e boné). Esse kit já está à venda no Centro Pastoral Pio X (no subsolo da Catedral) e nas instituições que serão beneficiadas:

Abrigo Juvino Barreto
Abrigo Anísia Pessoa
Abrigo São Vicente de Paulo
Casa do Idoso jesus Misericordioso
Lar do Ancião Evangélico (LAE)
Espaço Solidário e
Lar da Vovozinha.

Jesus Menino nas homenagens aos Pais

Na noite da ultima sexta-feira (07), o Educandário Jesus Menino em Currais novos/RN comemorou o Dia dos Pais, com mensagens e reflexões.


A Irmã Helena Guimarães, diretora do EJM, falou aos presentes, chamando a atenção para o exemplo que os pais devem passar aos seus filhos, para que prosperem no caminho da ética, tornando-se pessoas integras, não esquecendo o lado espiritual, sempre se esforçando para fazer a vontade de Deus.

Depois houve um torneio de Futsal, entre times formados pelos pais. Na área coberta, jogos: totó, dama e outros.


Ao final foi servido um lanche. Os pais receberam lembranças.