quarta-feira, 30 de novembro de 2016

CNBB: solidariedade às famílias dos envolvidos em tragédia na Colômbia

Após o acontecimento envolvendo o avião que transportava a delegação da Associação Chapecoense de Futebol e profissionais de imprensa rumo à Medellín, na Colômbia, nesta terça-feira, 29 de novembro, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou carta ao bispo da diocese de Chapecó, dom Odelir José Magri. O texto é assinado pelo secretário geral da entidade, dom Leonardo Steiner.
Na carta, a entidade manifesta pesar a todas as famílias e comunidades da diocese. Além disso, presta solidariedade e oferece preces aos familiares e amigos das vítimas. “Recomendamos a vida dos falecidos à misericórdia de Deus”, lê-se em um trecho.

Papa manda mensagem ao Brasil por tragédia da Chapecoense

O papa Francisco enviou hoje (30) uma mensagem ao povo brasileiro por conta do desastre aéreo com o avião da Chapecoense durante sua audiência geral, na praça São Pedro, no Vaticano. O acidente, ocorrido nos arredores de Medellín, na Colômbia, onde a equipe catarinense disputaria a final da Copa Sul-Americana, deixou 71 mortos, incluindo 19 jogadores.

"Gostaria de lembrar hoje a dor do povo brasileiro pela tragédia com um clube local e rezar pelos jogadores mortos e suas famílias", disse o líder da Igreja Católica.

Além disso, o Pontífice comparou a tragédia da Chapecoense com o desastre que matou todo o elenco do Torino em 1949, quando um avião com a delegação da equipe italiana se chocou contra a Basílica de Superga, em Turim. Na ocasião, 31 pessoas faleceram. "Recordemos Superga. São tragédias duras, rezemos por elas", acrescentou o Papa. 

Ontem (29), Francisco já havia enviado uma mensagem de condolências ao bispo da diocese colombiana de Sonsón Rionegro, Fidel León Cadavid Marín.

"O Santo Padre, profundamente atingido ao saber da dolorosa notícia do grave acidente aéreo que ocasionou numerosas vítimas, eleva orações para o eterno descanso dos falecidos", diz a nota enviada à Conferência Episcopal da Colômbia.

terça-feira, 29 de novembro de 2016


Reúne-se no Vaticano Comissão de Estudo

 sobre Diaconato das Mulheres
Cidade do Vaticano (RV) - Teve início na última sexta-feira (25/11), no Vaticano, a primeira reunião da Comissão de Estudo sobre o Diaconato das mulheres, instituída pelo Santo Padre em 2 de agosto passado para fazer um estudo objetivo sobre a situação nos primeiros tempos da Igreja.
Sob a presidência do Arcebispo Luís Francisco Ladaria Ferrer, S.J., os membros da Comissão se reúnem nestes dois dias (sexta-feira e sábado), em sessões da manhã e da tarde, na sede da Congregação para a Doutrina da Fé.


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Neves homenageia destaques 2016

O Momento Cívico da última quinta-feira (17) foi especial para muitos alunos do Colégio Nossa Senhora das Neves. A cerimônia que lembra semanalmente a importância da pátria, também homenageou, com medalhas e certificados, os estudantes destaques do ano letivo 2016. Alguns, vencedores de competições nacionais e estaduais, como a Olimpíada Brasileira de Astronomia e a Olimpíada de Química do Rio Grande do Norte.

A ação foi realizada no ginásio Madre Alberta Garimbert (Caveirão) e contou com a presença de toda a comunidade escolar e de pais dos laureados - muitos Sempre Alunos.

A iniciativa também revelou o nome do melhor funcionário do ano. O auxiliar de disciplina Aberilio Rodrigues de Mendonça é o responsável pelo título. “Fico bastante feliz com o reconhecimento. Essa escola é maravilhosa", elogiou.

Papa Francisco: o Advento é um convite a se deixar surpreender pelo Senhor

O Ângelus da janela do apartamento pontifício foi marcado pelo primeiro domingo do Advento, que tem início hoje, algo que o Papa Francisco destacou ao explicar que este tempo de preparação para o Natal é um convite a deixar-se surpreender por Deus e a não depender de “nossas seguranças”.
“Neste tempo do Advento, somos chamados a ampliar o horizonte do nosso coração, a nos deixarmos surpreender pela vida que se apresenta a cada dia com suas novidades”, disse o Papa.
Para isso, disse, é preciso “aprender a não depender das nossas seguranças, dos nossos esquemas consolidados, porque o Senhor vem na hora que não imaginamos”. Em suma, o Advento “vem para nos conduzir a uma dimensão mais bonita e maior”.
Francisco assegurou que o Senhor faz “um convite à sobriedade, a não se deixar dominar pelas coisas deste mundo, pelas realidades materiais, mas sim a governá-las”.
“Quando, ao contrário, nos deixamos condicionar e dominar por elas, não percebemos que há algo muito mais importante: o nosso encontro final com o Senhor”.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Jogos Internos 2016 do Educandário Jesus Menino










Loteria de Natal do Papa ajudará vítimas do terremoto

Novamente este ano, o Vaticano propõe uma iniciativa popular de solidariedade no Natal: pela quarta vez, foi apresentada a loteria de beneficência para obras de caridade do Santo Padre. A arrecadação será destinada à população do centro da Itália atingida pelo terremoto de 24 de agosto e aos sem-teto.
O Papa colocou pessoalmente alguns prêmios à disposição. Os bilhetes serão vendidos a partir das próximas semanas, até o dia 2 de fevereiro, quando haverá a extração, diante de uma Comissão de controle.
Os bilhetes custarão 10 euros e dentro do Vaticano, estarão à venda na Farmácia, nos Correios, no Serviço de Telefonia, no Supermercado, no Centro Comercial, na Livraria, nos Museus e no Escritório de Filatelia. A novidade deste ano é a possibilidade de adquiri-los pela Internet.
Para os felizardos sorteados, estão à disposição prêmios como um automóvel, uma bicicleta de corrida profissional, utensílios domésticos, bolsas, objetos de decoração, entre outros.
Mais informações pelo email: eventi@scv.va.
Por Rádio Vaticano

Arquidiocese realiza 56ª Assembleia Pastoral

Nesses dias 24 e 25 de novembro, a Arquidiocese de Natal realiza a 56ª Assembleia Pastoral Arquidiocesana, que tem o objetivo de avaliar e planejar as ações pastorais. A atividade está acontecendo no Hotel Mardunas, em Nísia Floresta, reunindo em torno de 300 participantes, incluindo articuladores paroquiais, membros de conselhos, além de padres e diáconos.
Neste ano de 2016, a Arquidiocese de Natal aprovou o novo Marco Referencial, para o quadriênio 2016-2019, que norteia todo o agir pastoral da Arquidiocese, com metas a serem alcançadas neste período. As metas contemplam as áreas de formação, setorização, social, comunicação, família, juventude e secretariados dos vicariatos.
Nesta quarta-feira (24), abertura das atividades, a programação iniciou com celebração eucarística, presidida pelo Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha. Após, foram divididos grupos, por metas, para discussão das estratégias para o cumprimento dessas metas. Na parte da tarde, foi feita a plenária, para apresentação do resultado das discussões dos grupos.
Amanhã, dia 25, os grupos vão se reunir mais uma vez, desta vez para a elaboração do plano pastoral de 2017.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

  PALAVRAS PARA MINHA MÃE

Por Maria de Lourdes Farias


Não é raro nos confrontarmos com o nosso íntimo, às vezes com o rigor de lembranças vividas, outras com a maturidade forjada na dor e ainda, com o objetivo profundo e determinado de encontrar saída.
Como todo ser vivente, temos nossos momentos da mais alta calmaria e felicidade, mas estes se alternam com outros difíceis, tortuosos que exigem de nós, muitas vezes ou sempre, um ponto de equilíbrio indispensável para o sucesso na passagem.
A lei da vida é implacável. Se deixarmos passar, por um segundo, a oportunidade que nos acena veloz, nunca mais ela passará outra vez.

Neste pensamento reportei-me a tempos idos; momentos inesquecíveis pela beleza da simplicidade onde a alegria, a pureza da inocência, as surpresas pelo desconhecido teciam belas e diferentes vidas na magia da felicidade e da liberdade, ou ceifavam almas pelo desolamento nas situações as mais diversas.
Casualmente, deparei-me com esta imagem que me trouxe toda uma história de vida. (...)
Eu já não morava em Desterro (...) e certo dia cheguei lá, não encontrei mamãe em casa (ela morava sozinha naquele casarão...), mas eu sabia que a encontraria no “roçado”, como chamávamos o sítio de papai, e me apressei para ir até lá, na certeza de que voltaria com ela para casa.
Eu me vi chegar ao rio que com tanto carinho nos acolhia nos momentos em que ele recolhia todas as nossas dores, pensamentos, ideias e transformava tudo em alegria, bonança, quando naquela água, para nós sagrada, entrávamos a brincar ou trabalhar e te vi, minha mãe, ao longe, abafando a tua solidão tão tumultuada pela dor num disfarce de “lavar roupas”... e me aproximei apressadamente, numa atitude insuspeita de salva-vidas; e foi aí que me viste chegar...
Tu me olhavas tão profundamente dentro dos meus olhos... mas não arriscavas nenhuma palavra, nenhum gesto; permaneceste fixamente, me confessando naquela atitude do náufrago que vê, num pedaço de madeira que passa, a possibilidade de salvação... então cheguei mais perto, te cumprimentei, querendo arrancar de ti a solidão e a dor que te abatia e te dei a notícia seguinte: estou aqui para te falar que Nita, Terezinha e eu te levaremos daqui em poucos dias. Precisamos apenas que guardes este segredo contigo até lá. Baixaste então o olhar e me deste um sim apenas com uma lágrima, daquelas tão presentes que desciam fácil pelo teu rosto abatido. (...)

E como a emoção daquele momento que contive em profundo silêncio, porque tu ainda não podias me ver como agora, permanece viva em minha alma! Poderei até esquecer tudo...menos este instante... (30/10/2016)



  CCHLA promove Seminário   Internacional de Filosofia

Entre os dias 28 e 30 de novembro, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sedia o I Seminário Internacional de Filosofia, com a temática O homem e o espaço. O evento acontece no auditório D do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA), no Campus Central da UFRN.

De acordo com a organização, o Seminário propõe uma discussão acerca dos conceitos envolvidos na relação do homem e de seus diversos modos de habitar e construir um mundo, à relação do homem com a natureza e consigo mesmo, como também às possibilidades atuais e suas perspectivas de transformação oriundas de outras áreas do saber em diálogo com a tradição filosófica.

Pautado pelo diálogo entre pensadores de épocas diversas da filosofia e os outros saberes, o evento conta com a participação de pesquisadores de universidades estrangeiras como Alessandra Beccarisi, da Università del Salento, e Claudia D’Amico, da Universidad de Buenos Aires, além de pesquisadores da UFRN e de outras universidades do País.

O evento tem apoio do Departamento de Filosofia da Universidade, da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Outras informações pelos telefones (84) 3342-2339 - Ramal: 800 e (84) 99474-6713, e pelo endereço eletrônico: ohomemeoespaco@gmail.com.



CÁRITAS BRASILEIRA: 60 ANOS

Nos dias 09 a 13 de novembro de 2016, realizou-se o V Congresso da Cáritas Brasileira em Aparecida, São Paulo com a presença de mais de 500 pessoas de todo Brasil e vários Países como parceiros da Cáritas Brasileira. Estiveram presentes 12 Bispos, 30 Sacerdotes, dezenas de Religiosos/as e centenas de Agentes leigos/as da Cáritas Brasileira, neste encontro celebrativo e jubilar.

A Cáritas Brasileira foi criada em 12 de novembro de 1956 pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), quando era o presidente Dom Hélder Câmara, o Profeta da Solidariedade. No início a Cáritas foi incumbida de articular todas as Obras Sociais Católicas do Brasil e distribuir alimentos, roupas, através do “Programa Aliança para o Progresso”, implementado após a Segunda Guerra Mundial. Muitas equipes das Cáritas Regionais e Diocesanas, fortaleceram-se a partir dali, na Promoção Humana. Com o Concílio Vaticano II e da Conferência de Medellin, houve novas orientações sociais para as práticas solidárias da Igreja de forma mais estruturante e transformadora, inspirados na Doutrina Social da Igreja.
                                                
Para celebrar os 60 anos da Cáritas Brasileira foram muitas as atividades preparatórias realizadas em todo Brasil, com fóruns, seminários, caravanas e a visita da Imagem de Nossa Senhora Aparecida em todos os recantos do Brasil, celebrando os 60 anos da Cáritas e os 300 anos de Aparição da Mãe Aparecida no Rio Paraíba, aos humildes Pescadores. De 09 a 13 de novembro de 2016, realizou-se o V Congresso Nacional da Cáritas Brasileira em Aparecida, São Paulo, como um grande momento celebrativo, de Ação de Graças e de projeção das atividades dos próximos quatro anos. Aqui em Santa Maria a Cáritas é a organização do Banco da Esperança, através da Ação Social e o Projeto Esperança/Cooesperança, através da Economia Solidária, Agricultura Familiar, Comércio Justo, Consumo Ético e Solidário.
                                                A Cáritas a nível Nacional está organizada com sede em Brasília, e tem 183 entidades-membro a nível nacional que são as Cáritas Diocesanas, 12 Regionais e 05 Inter-regionais. Atua em 450 Municípios do Brasil, sendo presença solidária e profética junto às pessoas mais empobrecidas, tornando-as sujeitas da sua própria transformação.
                                                
No fomento às iniciativas de Economia Solidária, Segurança Alimentar e Nutricional e Sustentável, Fundos Solidários envolvendo jovens, crianças, mulheres, catadores de materiais recicláveis, agricultores, acampados, assentamentos de reforma agrária, ribeirinhos, quilombolas, indígenas, comunidades em situação de riscos e afetadas por desertos sócio-ambientais, Políticas Públicas, entre outros.
                                                
A proposta da Cáritas é fortalecer cada vez mais o serviço da Caridade Organizada, para que “Mais gente possa ser gente” fortalecendo a “Transformação pela Solidariedade” e para que “Todos Tenham Vida e a Tenham em Abundância” (Jo 10,10).




 Irmã Lourdes Dill, FDC
Coord. do Projeto Esperança/Cooesperança
Vice-Presidente da Cáritas Brasileira




Descubra como podemos saber se estamos progredimos na espiritualidade, mesmo no tempo da aridez.

Nesta aula do curso “Ensina-nos a Orar”, Padre Paulo Ricardo nos explica como saber se progredimos na vida espiritual. Primeiramente, veremos o que é progresso espiritual. Pois, podemos nos enganar achando que progredimos espiritualmente porque sentimos consolações. Ou, às vezes, podemos pensar que retrocedemos na vida espiritual porque vivemos um tempo de aridez.

Num segundo momento, veremos o que é o amor e como reconhecer se amamos de verdade. Pois, se não sabemos o que é o amor, também não saberemos se estamos progredindo ou não na vida espiritual. Por fim, veremos como reconhecer o nosso progresso espiritual em tempos de aridez, de sofrimento. Dessa forma, saberemos como nos portar diante da consolação e também da desolação.

Consolação é progresso espiritual?
Nós, seres humanos, somos uma mistura, uma forma de um animal viver junto com um anjo: somos corpo e alma. E, muitas vezes, a nossa vida de oração não progride porque ficamos apegados à parte física, à parte animal de nossa vida interior. Não é porque uma coisa está dentro de nós que ela é necessariamente espiritual.
Existem coisas, existem características, que os animais também têm. Por exemplo: quando imaginamos a cena de Jesus no Horto das Oliveiras sofrendo, esta imaginação é importante como método de oração. Mas, devemos saber que os animais também têm imaginação.
Quando sentimos um gosto, quando algo sensível toca a nossa sensibilidade e nós realmente temos uma recompensa, isso é bom. Não estamos demonizando a consolação. Mas, saibamos que, se sentimos alguma coisa, isso é mais ligado ao corpo do que verdadeiramente à alma. Então, Deus quer que nós saiamos desses espaços infantis, que passemos para o andar de cima, para realidades mais elevadas, mais espirituais. E a porta de entrada para o crescimento espiritual, que nenhum animal é capaz, é o amor. Mas, vamos entender direito o que é o amor.
Assista ou ouça programa do Padre Paulo Ricardo sobre “Qual a diferença entre corpo, alma e espírito?”:
Em que consiste o amor?
Os animais conseguem ser contrariados. Se temos um animal que quer comer e alguém tira a comida dele, ele fica com raiva, porque ele foi contrariado. Apesar de não gostar, os animais aceitam ser contrariados. Mas, os animais não são capazes de se contrariar. Somente nós, que somos humanos, temos alma, temos espírito, conseguimos nos contrariar.
O amor consiste em nos contrariar pelo bem do outro. Por isso, quando vamos rezar, vemos que a nossa vontade, os nossos desejos, os nossos projetos estão sendo contrariados e, mesmo assim, dizemos: “Sim, Senhor, eu quero vos agradar, não é o que os meus projetos queriam, não é o que o meu pensamento colocou como sendo o melhor”. Mas, diante dos fatos, diante das contrariedades, onde não há saída, não tem solução. Por isso, nos conformemos com a vontade de Deus.


terça-feira, 22 de novembro de 2016



ASSOCIADOS DE AREIA BRANCA COMEMORAM ANIVERSÁRIO DA CONGREGAÇÃO FDC



Sorteios, brindes, brincadeiras, alegria e um lanche compartilhado. Foi desta forma que o Grupo de Associados Amor Divino de Areia Branca-RN, comemorou o aniversário de 148 anos, da Congregação Filhas do Amor Divino. Além da parte festiva, o Grupo participou de uma Celebração com as Irmãs, onde entoaram hinos, louvores e relembraram os ensinamentos deixados pela fundadora da Congregação Madre Francisca Lechner.
Aproveitando o ensejo, o Grupo recordou os principais ensinamentos da Madre, cujo lema serve de norte para seus seguidores: “Tudo por Deus, pelos pobres e pela nossa Congregação”, que impulsiona à pratica de uma de suas máximas: “Fazer o bem, alegrar, tornar feliz e conduzir ao céu”.

Jogos Internos do EJM

Abertura dos jogos internos Educandário Jesus Menino em Currais Novos/RN, nesta terça-feira (22),  às 19h30min na quadra do Educandário. Você aluno, eterno aluno, pais, professores, funcionários e comunidade em geral, venham participar, vai ser lindo e emocionante!

Ação de Graças no CCRei

Celebração em Ação de Graças pela conclusão das turmas dos 3º anos do ensino médio do Colégio Cristo Rei em Patos/PB.
Confira todas as fotos no nosso site: http://www.ccrei.com.br/exibir-galeria.php?id=29







NEVES TEM DOIS MEDALHISTAS NA OLIMPÍADA NACIONAL DE CIÊNCIAS

O Colégio Nossa Senhora das Neves conquistou duas medalhas na Olimpíada Nacional de Ciências (ONC), as únicas entre os estudantes do Rio Grande do Norte inscritos na competição. Os responsáveis pelo feito foram os alunos Vitor Paiva, do 9º ano do Ensino Fundamental, e Pedro Saraiva, da 1ª série do Ensino Médio. Ambos conquistaram medalhas de prata. O resultado foi divulgado na última quarta-feira (16) pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Na ONC, Vitor Paiva competiu na modalidade A, reservada apenas para os alunos matriculados no 8º e 9º ano. Já Pedro Saraiva disputou medalha na modalidade B, para os estudantes da 1ª série.


segunda-feira, 21 de novembro de 2016


  CONGREGAÇÃO FILHAS DO AMOR DIVINO COMEMORA 148 ANOS DE HISTÓRIA

A Congregação das Filhas do Amor Divino é um Instituto religioso de abrangência intercontinental, presente em 18 países (Áustria, Alemanha, República Tcheca e Eslováquia, Hungria, Polônia, Croácia, Bósnia-Herzegovina, Albânia, Itália, Inglaterra, Estados Unidos, Uganda, Brasil, Bolívia, Ucrânia e Suíça), onde as Irmãs atuam estabelecidas em comunidades circunscritas em 12 Províncias.

A Congregação das Filhas do Amor Divino (do latim Congregatio Filiae Divinae Caritatis: FDC) é uma ordem religiosa católica romana com sede em Viena, Áustria, fundada por Madre Francisca Lechner em 1868.

A Congregação das Filhas do Amor Divino foi fundada em 21 de novembro de 1868, quando a madre alemã Francisca Lechner recebeu permissão para instituir uma comunidade religiosa que tinha como objetivo acolher as jovens que migravam para as grandes cidades da Europa em busca de emprego no contexto histórico da Revolução Industrial.

Atualmente, a congregação está presente em 20 países, entre os quais a Áustria (onde localiza-se a sede, em Viena), Albânia, Alemanha (país de nascimento da fundadora da congregação, Madre Francisca Lechner) Bolívia, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Croácia, Eslováquia, Estados Unidos, Hungria, Inglaterra, Itália, Kosovo, Macedônia, Polônia, República Checa, Ucrânia e Uganda (onde há uma estação de missão para com os africanos).

Papa Francisco institui “Dia Mundial dos Pobres”

O Papa Francisco decidiu instituir um “Dia Mundial dos Pobres” na Igreja Católica, que vai ser celebrado no penúltimo domingo do ano litúrgico. A decisão está na nova carta apostólica do Pontífice, divulgada nesta segunda-feira, 21, no Vaticano.
A celebração é inspirada no Ano Santo da Misericórdia, que se concluiu neste domingo, 20, e, particularmente, no ‘Jubileu das Pessoas Excluídas Socialmente’, celebrado no Vaticano no dia 13 de novembro, data em que se fecharam as Portas Santas em todas as catedrais e santuários do mundo.
“Intuí que, como mais um sinal concreto deste Ano Santo extraordinário, se deve celebrar em toda a Igreja, na ocorrência do XXXIII Domingo do Tempo Comum, o Dia Mundial dos Pobres”, escreve Francisco, na carta apostólica ‘Misericórdia e mísera’, com a qual marca o final do Jubileu.
O Papa explica que vê nesta nova celebração a “mais digna preparação para bem viver a solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo”, que encerra o ano litúrgico na Igreja Católica, evocando a sua identificação com os “mais pequenos e os pobres”.

Por Agência Ecclesia

domingo, 20 de novembro de 2016


                
                   FDC CELEBRAM O DOM DA VIDA


Ainda é tempo de rendermos graças a Deus pelo aniversário da Irmã Heloísa, comemorado no último dia 16 de novembro e de Irmã Marli, comemorado no dia 18 de novembro. Celebrar o aniversário é também agradecer a Deus, pelo dom da vida e por nos proporcionar bons momentos, ao lado dessas mulheres de corações grandiosos e cheios dos dons da bondade, solidariedade e amor ao próximo. Que Deus continue a derramar muitas bênçãos sobre elas e que possamos continuar desfrutando da sua companhia e da sua amizade.
FELIZ ANIVERSÁRIO!


sexta-feira, 18 de novembro de 2016

ESPETÁCULO DE DANÇA REVISITA AS HISTÓRIAS DA HUMANIDADE

Os grupos de Dança Contemporânea e Balé Clássico do Colégio Nossa Senhora das Neves aceitaram o desafio de montar um espetáculo que pudesse representar passagens importantes da evolução humana. Foi aí que nasceu a produção autoral intitulada de “Da Roda ao Robô. Inventos e Criações da Humanidade”. A atividade também teve a participação de integrantes das ginásticas rítmica e aeróbica da escola.

Da invenção da roda, fogo, relógio e passando, também, pelos avanços tecnológicos e a guerra, os alunos elaboraram um roteiro que revisita grandes momentos e curiosidades da história da humanidade nos quais a dança se torna protagonista junto aos cerca de 150 estudantes participantes da encenação, que não segue a ordem cronológica das descobertas.

O resultado foi apresentado ontem (17), diante de um ginásio Madre Fidelis lotado. Na presença da comunidade escolar e de pais e responsáveis, os estudantes encenaram a produção. “Nossa ideia é trazer uma mensagem de que todo invento que o ser humano faz, deveria proporcionar o bem estar a todos, a paz e o amor”, conta a professora Suzi David de Sousa, responsável pela encenação.

Francisco: o povo de Deus não perdoa sacerdotes apegados ao dinheiro

O Papa Francisco advertiu, na homilia da Missa celebrada na Casa Santa Marta, contra a idolatria ao dinheiro e assinalou que não se pode servir ao mesmo tempo a Deus e ao “senhor-dinheiro”.
Trata-se de um pecado que, inclusive, é mais grave quando cometido por um sacerdote. “As pessoas não perdoam um sacerdote apegado ao dinheiro”, sublinhou.
“O Senhor Deus, a casa do Senhor Deus, que é casa de oração, de encontro com o Senhor, com o Deus do amor. E o senhor-dinheiro, que entra na casa de Deus, sempre tenta entrar”, disse o Papa.
O senhor-dinheiro “pode arruinar a nossa vida e pode nos conduzir a acabar com a nossa vida, sem felicidade, sem a alegria de servir o verdadeiro Senhor, que é o único capaz de nos dar a verdadeira alegria”, afirmou.
Trata-se de uma escolha pessoal, explicou o Santo Padre. “Como é a atitude de vocês em relação ao dinheiro? São apegados ao dinheiro?”.
Francisco destacou a capacidade do povo de Deus para perdoar muitas fraquezas e pecados dos sacerdotes. “Porém, não pode perdoar dois: o apego ao dinheiro, quando o vê interessado apegado ao dinheiro: isso ele não perdoa; e o maltrato aos fiéis: isto o Povo de Deus não suporta e não perdoa”.
O Papa assinalou que “coisas, outras fraquezas, outros pecados não lhe estão bem, mas pobre homem é solitário… enfim, busca justificá-lo. Mas, a condenação não é tão forte e definitiva: o Povo de Deus é capaz de entender tudo isso”.
O Santo Padre recordou o episódio da Bíblia dos ídolos que Raquel, esposa de Jacó, tinha escondido. “Procurem fazer um favor ao Senhor, como um verdadeiro exame de consciência: ‘Senhor, vós sois o meu Senhor!’ Como Raquel, eliminemos os nossos deuses ocultos no coração, o ídolo do dinheiro”.
“Sejam corajosos, tomem decisões”, encorajou o Papa. “Que tenham o dinheiro suficiente, que faz um trabalhador honesto; fazer as devidas economias como um trabalhador honesto. Mas, é inadmissível a idolatria, os interesses pessoais. Que o Senhor dê a todos nós a graça da pobreza cristã”.

Por ACI Digital

quinta-feira, 17 de novembro de 2016


FILHAS DO AMOR DIVINO SE ENCANTAM COM AS LUZES DO NATAL
Depois de participar de um Encontro com a Superiora Provincial, Irmã Ana Carla de Melo Silva, que reuniu Superioras, Diretoras e as Equipes de Líderes da Província Nossa Senhora das Neves – Proneves, Irmã Judith Faria em companhia de Irmã Expedita Andrade e Irmã Eliúde Nogueira seguiram viagem para a cidade de Palmeira dos Índios-AL, mas antes fizeram uma parada em Garanhuns-PE, a fim de admirar as luzes do Natal.
Segundo Irmã Judith, a parada em Garanhuns foi rápida, mas possibilitou um passeio pela Cidade, a fim de admirar a decoração natalina, que na ótica dela “está uma maravilha e deve ser vista por todos”. A opinião de Irmã Judith é compartilhada pelas Irmãs Expedita Andrade e Eliúde Nogueira, também encantadas com o brilho e as cores que enfeitam a Cidade nesse período natalino.
Em Palmeiras dos Índios, Irmã Judith Farias vai assessorar um Encontro com o Grupo de Associados Amor Divino, que terá a duração de três dias. Estes Encontros, segundo ela, são muito proveitosos porque reafirmam o interesse e a responsabilidade das pessoas, em relação ao compromisso de espalhar o Amor Divino pelo mundo.
O Natal Luz de Garanhuns é parte integrante dos festejos natalinos organizados pela Prefeitura Municipal e compõem o Calendário de Eventos da cidade, o que contribui para fortalecer o potencial turístico do lugar. Os festejos contam com uma extensa programação cultural, que encanta tanto aos moradores como os turistas que são atraídos pelas luzes, cores e as diversas apresentações promovidas durante o período natalino.
Dentre as diversas apresentações, o público é brindado com apresentações de pastoris, bandas de pífanos, orquestras sinfônicas, espetáculos de dança, cantores líricos, entre outras apresentações, que encantam a quantos participam.

1ª Eucaristia no Educandário Jesus Menino

Realizada neste domingo, 13 de novembro na Capela do EJM, em Currais Novos/RN, a 1ª eucaristia de 11 crianças, elas que bem felizes e receberam a EUCARISTIA com muita alegria, parabéns!





Papa pede arte da solidariedade para vencer a indiferença

O Papa Francisco recebeu na manhã desta quinta-feira, 17, representantes da Cáritas Internacional que estão em Roma por ocasião de uma reunião institucional. Francisco recordou que na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium dedicou um capítulo à dimensão social da evangelização, reafirmando a opção preferencial da Igreja pelos pobres.
Em uma sociedade frequentemente dominada pela cultura do “descarte”, Francisco fez um convite para que todos superem a indiferença e o egoísmo para aprender a arte da solidariedade.
“Por isso somos chamados a agir contra a exclusão social dos mais frágeis e trabalhar para a integração destes”.
Missão da Cáritas
Neste contexto, o Pontífice reiterou a importância fundamental da missão da Cáritas e seu papel específico na Igreja.
“Não são agências sociais, mas organismos eclesiais que partilham a missão da Igreja para auxiliar o Papa e os bispos no ministério da caridade”.
Francisco incentivou os trabalhadores da Cáritas ao citar João Paulo II e uma nova ideia de caridade.
“Trata-se de fazer resplandecer a caridade e a justiça no mundo à luz do Evangelho e do ensinamento da Igreja, envolvendo os pobres para que sejam os verdadeiros protagonistas de seu desenvolvimento”.
O Papa destacou que a pobreza, a fome, as doenças e a opressão não são uma fatalidade e não podem representar situações permanentes.
“Confiando na força o Evangelho, podemos contribuir para mudar as coisas ou, ao menos, melhora-las. Podemos reafirmar a dignidade de quantos aguardam um sinal do nosso amor”, disse o Papa.
Por fim, Francisco disse estar muito “contente” ao saber que a Cáritas Internacional dará início a uma campanha sobre o tema das migrações.
Por Canção Nova, com Rádio Vaticano